Chaplin Comunista?

watch_later 8 de junho de 2015
comment Comentar
História


Charlie Chaplin (1889 - 1977) foi um famoso astro do cinema (que trabalhava desde a criação até a direção e financiava seus próprios filmes), de origem britânica. Apesar desta versão histórica, nunca houve um documento, como certidão de nascimento, que realmente comprovasse a origem dele. Porém, mesmo que a memória comum nos leve a pensar no ator apenas à época do cinema mudo, mas houve uma extensa bagagem na produção cinematográfica em termos de filmes com diálogos. 

ou Charles Chaplin
[Imagem: Arte factos]


E, dentro destes diálogos, houve alguns que foram extremamente mal interpretados, até a versão atual dos fatos. No filme ‘O Grande Ditador’, ele faz duras críticas a um sistema político que permite com que povos sejam massacrados, coloca o ser humano como ponto forte em tudo o que faça, e que depende de cada um o futuro que se quer ter. A conotação do texto pode fazer entender que tenha inclinação socialista, mas é possível também interpretar como um diálogo que fala sobre os males que um sistema centrado em um único grande e forte líder, que ascende ao poder com promessas de melhorar a vida de seu povo. Aliás, o sentido do que ali se menciona é muito amplo, como você pode ver no vídeo abaixo:


[Vídeo: Seja Inabalável]

Chaplin foi considerado comunista pelos EUA e, em alguns momentos, suspeito de ser espião soviético, fato que nunca foi confirmado pela polícia britânica. Também se suspeitou que ele tivesse origem francesa, ou ainda russa. Em 1952, o artista foi impedido de retornar aos Estados Unidos, por mais que morasse por lá há 30 anos. Algumas fontes históricas afirmam que ele teria decidido não retornar ao país por passar por uma série de calúnias, indo morar na Suíça. Ele seguiu suas produções cinematográficas, produziu uma autobiografia e teve novos projetos, todos em solo europeu. Nos anos 1970, sua saúde piorou muito, o que refletiu no fim da produção de novos filmes e, por fim, da sua vida.


E ainda mais para você: Alá, Maomé e o Islamismo





GOSTOU DESTA POSTAGEM? USANDO A BARRA DE BOTÕES, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS!
  • chevron_left
  • chevron_right

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELOS ÍCONES CIRCULARES) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

sentiment_satisfied Emojis do Google (texto para inserir)