Segunda Guerra Mundial - Consequências

watch_later 11 de fevereiro de 2012
comment Comentar
História
Dois meses após a capitulação alemã, em julho de 1945, realizou-se a Conferência de Potsdam, na Alemanha, com a participação das potências vitoriosas (EUA, França, URSS e Inglaterra). Nessa conferência foi estabelecido que o território do país fosse dividido em quatro zonas de ocupação, cada uma das quatro potências antes mencionadas.
Posteriormente, em 1949, o território alemão foi novamente dividido em duas áreas de ocupação, uma socialista e outra capitalista, fazendo parte do período histórico conhecido como guerra fria. O território alemão só foi reunificado em 9 de novembro de 1989.
Entre abril e junho de 1945 foi criada a Organização das Nações Unidas, após a Conferência de São Francisco. Os princípios básicos da ONU eram manter a paz e a segurança internacional; desenvolver relações amistosas entre as nações; fomentar a cooperação mundial para a busca de soluções de caráter sócio-econômico-cultural, humanitário e mais recentemente ambiental, promovendo o respeito aos direitos humanos.
A ONU é dividida em vários órgãos, entre os quais: Assembleia Geral, Conselho de Segurança, Corte Internacional de Justiça, Secretariado, UNESCO, UNICEF, OIT, entre outros.
Apesar de ter sido criada para manter a paz mundial, a ONU não representa plenamente a vontade política da maioria dos seus membros. O Conselho de segurança, por exemplo, é controlado por cinco grandes potências que são membros permanentes. Os representantes destas potências têm o poder de vetar decisões importantes sobre conflitos mundiais em prol de seus interesses, impondo-os sobre os outros membros.
Em 1948, a ONU aprova a Declaração Universal dos Direitos Humanos, que não é plenamente respeitada, mas serve de referência jurídica no que se refere ao tema Direitos Humanos.
O Tribunal Internacional de Justiça, Tribunal Militar Internacional ou Tribunal de Haia (assim chamado por localizar-se na cidade de Haia, no Reino dos Países Baixos); foi criado entre os anos de 1945 e 1946, que teve como função inicial julgar os principais líderes nazistas.
            “A tentativa dos nazistas de dissimular suas atrocidades nos campos de concentração e de extermínio resultou num completo fracasso. Muitos sobreviventes desses campos sentiram-se investidos da missão de testemunhar e não deixaram de cumpri-la, alguns logo depois de serem libertados e outros, quarenta e até cinquenta anos mais tarde.”
Adaptado de: TODOROV, Tzvetan. Memória do mal, tentação do bem. Indagações sobre o século XX. 2002. p. 211.   
Os Líderes nazistas foram condenados por crime contra a humanidade dos quais onze ao enforcamento.
A função atual do Tribunal é deliberar sobre assuntos legais submetidos pela Assembleia Geral e disputas internacionais.
Vários países obtiveram sua independência política após o fim da Segunda Guerra Mundial, direito também assegurado, em termos, pela ONU.
Embora tenham vencido a guerra, Inglaterra e França ficaram economicamente arruinadas. A guerra provocou uma destruição material de grande significado. As perdas humanas foram imensas, principalmente da URSS, que perdeu vinte milhões de pessoas e a maior parte de seu parque industrial. O império britânico, que dominou o mundo por duzentos anos, foi aniquilado. Na Alemanha, a maior parte dos sobreviventes foram mulheres, o que dificultou a reconstrução do país.
Abaixo, um paralelo dos mortos durante a guerra:

A Alemanha foi condenada a pagar uma indenização de guerra de vinte milhões de dólares (US$ 20’000’000.00). Os Estados Unidos, apesar dos monstruosos gastos, cresceram industrialmente, expandiram o seu comércio e acumularam grande parte do ouro mundial.
A Segunda Guerra Mundial pode ser considerada um corolário da Primeira Grande Guerra, pois rancores acumulados do Tratado de Versalhes, a situação difícil em que passou a economia Mundial pelas quebras do sistema capitalista e o surgimento de novos países neocolonialistas totalitários fez o mundo descobrir novamente a experiência de uma Guerra.
O Socialismo expandiu-se na Europa e o mundo tornou-se bipolar, divido entre o Socialismo soviético e o Capitalismo estadunidense; no período pós-guerra conhecido também como Guerra Fria. 
Como em toda guerra, os prejuízos humanos, materiais e financeiros são imensos dada a dimensão  e a quantidade de países que “sediaram” as batalhas. Os Estados Unidos da América participaram da guerra, entretanto devemos lembrar que os estadunidenses não guerrearam em território próprio e saíram do conflito, apesar dos prejuízos, com a hegemonia político-econômica mantida. Já Inglaterra, França e Alemanha passaram por um longo período de reconstrução.

 

>> Gostou desta postagem? Compartilhe!
  • chevron_left
  • chevron_right

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELOS ÍCONES CIRCULARES) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

sentiment_satisfied Emojis do Google (texto para inserir)