Utilidades

 

Encontrar baratas na cozinha tem sido um problema para muitas pessoas, e algumas não têm a mínima noção de como essa praga chega na residência. E depois de a pandemia começar: esse problema aumentou? Essa é uma dúvida muito frequente.

 

Perguntamos ao Jonatas Ramos, dono de uma dedetizadora em Nova Iguaçu, e ele informou que esse problema tem aumentado devido ao estoque mal conservado e grande rotatividade de alimentos. Jonatas disse, ainda, que alguns caminhões que abastecem os estoques não contratam uma empresa especialista em controle de pragas para fazer um trabalho preventivo ou corretivo contra as baratas. Com isso, esses indesejáveis animais vêm de brinde.

 

Antes de tudo, precisamos deixar clara qual a diferença das baratas pequenas e das baratas grandes. Confira a seguir.

.

 


Barata morta
[Uma dessas baratas. Imagem: Shaun F / Pixabay]


 

DEPOIS, VOCÊ PODE LER TAMBÉM

» O controle de pragas em lavouras

» Você sabe o que são os mastigóforos e que doenças causam?

» Como se produz a seda?

 

 

O QUE SÃO AS BARATAS PEQUENAS?

As baratas pequenas são chamadas de baratas-francesinhas ou também pelo nome técnico "blatella germanica". São baratas realmente pequenas, mas que incomodam muito as donas de casa.

 

Existem diferenças entre as baratas-de-esgoto (grandes) com as baratas pequenas de armário, tanto em características e na forma que se comportar também. As baratas-de-esgoto vêm especificamente das instalações sanitárias, como ralos, caixa de inspeção, caixa de gordura e outros pontos de esgoto e fazem seus ninhos exatamente nesses lugares.

Já as baratas pequenas de armário chegam em nossas casas de forma diferente. Elas chegam no armário junto de alimentos que compramos em supermercados, padarias, feiras e muitos outros locais. Podem vir escondidas nos mais diferentes objetos: embalagens, engradados, bolsas e até alimentos.

 

Elas se multiplicam muito rápido, pesquisas apontam que uma barata francesa pode gerar quatrocentas novas baratas francesinhas: é um número incrível. É muito importante fazer o controle das baratas pequenas de armário o mais breve possível, para não deixar que se torne uma grande infestação.

 

BARATAS PEQUENAS E OS PROBLEMAS PARA A SAÚDE

 

Pode parecer inofensiva e até menos assustadora do que as baratas-de-esgoto, mas não se engane, elas são tão vetores quanto as primeiras. Citaremos aqui algumas das doenças transmitidas por essa praga, para demonstrar que você precisa ter o maior cuidado possível.

 

Hepatite A

 

Infecção hepática altamente contagiosa causada pelo vírus da hepatite A. É transmitida por alimentos e água contaminados, pelo contato com pessoas infectadas e também por baratas pequenas de armário. Os sintomas incluem fadiga, náusea, dor abdominal, perda de apetite e febre baixa.

 

Febre tifoide

 

A Febre Tifoide é uma doença relativamente séria e rara causada por Salmonella enteritidis. É transmitida por alimentos e água contaminados, e também por baratas pequenas de armário. Os sintomas incluem febre alta, mal-estar, dor de cabeça, diarreia com sangue, prostração, náuseas, vômitos, tosse seca, febre baixa, dentre outros sintomas.

 

Tuberculose

 

A tuberculose é uma doença infecciosa, geralmente causada pelo Mycobacterium tuberculosis. Ela geralmente afeta os pulmões, embora também possa afetar outras partes do corpo.

 

A maioria das infecções não apresenta sintomas e, nesses casos, é chamada de tuberculose latente. Quando há sintomas, esses incluem tosse, cansaço excessivo, falta de ar, febre baixa, sudorese noturna, falta de apetite, perda de peso, rouquidão e fraqueza. Pode ser transmitida também pelas baratas pequenas de armário.

 

Lepra

 

Lepras são doenças infecciosas crônicas e curáveis, que causam principalmente doenças de pele e danos aos nervos. A lepra é causada pela infecção pelo Mycobacterium lepra e afeta principalmente a pele, os olhos, o nariz e os nervos periféricos. Os sintomas incluem manchas vermelhas ou claras na pele, sensibilidade das mãos e pés, dormência e fraqueza.

 

PRESTANDO ATENÇÃO AO FAZER UMA COMPRA

 

O especialista deixa uma lista de três lugares que você deve prestar atenção ao fazer uma compra:

 

Supermercados e atacarejos

 

O supermercado é o lugar onde você precisa prestar maior atenção: é lá que há um grande volume de estoque e rotatividade de mercadorias, podendo chegar na sua casa em dobras de caixas, embalagens, engradados, etc.

 

Padarias

 

Na padaria você precisa prestar bastante atenção, grande parte tem estoque. As padarias (padarias de bairro principalmente) precisam de dedetização periódica. Elas chegam também por meio de caixas, embalagens e até sacolas.

 

Mercearias

 

As mercearias são locais que, muitas vezes, não têm controle de dedetização periódico, por isso é importante observar os alimentos que entram na sua casa.

 

POR FIM,

 

Existem muitas outras medidas para evitar que essa praga chegue em casa, mas em geral esse artigo vai te ajudar. Fique atento, e, caso veja uma barata pequena, procure resolver o problema antes que vire uma infestação.

 

 

ESTE É UM ARTIGO ESCRITO POR JONATAS RAMOS, em espaço para contribuição gentilmente cedido pelo Blog do Mestre. Ele trouxe um pouco de seu conhecimento nessas dicas, pois faz parte da Dedetizadora Nova Iguaçu.

 

COMO FAZER A DEDETIZAÇÃO CUIDANDO DE NOSSA SAÚDE?

 

Sabendo que baratas pequenas, grandes ou outros insetos ou vetores de doenças estão presentes em nosso lar ou negócio, é preciso tomar medidas e proceder a dedetização. Na sugestão de post da linha azul 👇🏻, você fica sabendo um pouco mais dos cuidados relacionados a esse procedimento:

 

 

 

E AINDA MAIS PARA VOCÊ:

👉 Como fazer a dedetização cuidando de nossa saúde?

 

 

GOSTOU DESTA POSTAGEM ? USANDO A BARRA DE BOTÕES, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS 😉!