Cultura e Comportamento


Estamos em um momento de grandes transformações no mundo, na forma de pensar, de coordenar trabalhos e dividir tarefas. As máquinas e robôs serão capazes de fazer funções programadas e repetitivas, e os seres humanos serão cada vez mais demandados para pensar. É dentro desse contexto que se torna mais importante o desenvolvimento das soft skills.


https://www.oblogdomestre.com.br/2020/07/SoftSkills.HardSkills.Cultura.Trabalho.html
[A listagem de atuais e relevantes soft skills para se destacar no mercado. Imagem: Slash Education PUC-PR/Reprodução]



AS SOFT E HARD SKILLS


Skill vem do inglês e significa habilidade. Temos diferentes formas de habilidades e que são treinadas de diferentes maneiras, sendo algumas mais simples de definir e medir, e outras menos.

As hard skills são mais simples de medir e se referem a habilidades específicas relacionadas à formação em línguas, técnica, acadêmica. Você consegue falar de suas habilidades acadêmicas, por exemplo, dizendo se você é bacharel, mestre ou doutor naquela área.

Já as soft skills não são tão simples de definir, e estão relacionadas a capacidade de resolver e se articular diante de problemas cotidianos. As hard skills são pré-requisito em suas atividades e podem te render colocação profissional, e as soft skills te mantém e destacam com o passar do tempo.  

DESENVOLVENDO AS SOFT SKILLS


Há quem defenda que as universidades deveriam ter matérias sobre criatividade ou resolução de problemas complexos, ou que falem que nunca usaram o que aprenderam. Diante disso vêm alguns fatos: você se torna determinado profissional por conhecer técnicas que te tornam mais criativo ou por saber os princípios de sua profissão (como os sistemas humanos para médicos, reinos para biólogos, hidráulica para engenheiros, dentre outros)?  Os focos são diferentes, e é importante saber as hard skills para ser o que se é como profissional.

Depois disso, ou em paralelo, desenvolvem-se as soft skills, que consolidam e destacam um profissional. Há vários meios de desenvolvê-las, que podem envolver até cursos específicos, como o da Slash Education (PUC-PR), que gerou o gráfico apresentado no começo da postagem. Essas soft skills podem ser:

- Resolução de problemas complexos.
- Coordenação.
- Tomada de decisões.
- Pensamento crítico.
- Negociação.
- Criatividade.
- Inteligência emocional.
- Gestão de pessoas.
- Orientação para servir.
- Flexibilidade cognitiva.

Quando falamos em orientação para servir, não é a tão incômoda subserviência para algumas pessoas, mas a capacidade de enxergar as necessidades do outro, dentro da instituição ou corporação, e estar disposto a colaborar, vendo o bem coletivo como prioridade. A resolução de problemas complexos, por sua vez, está relacionada ao momento em que vivemos.

A REAÇÃO PROPORCIONAL AO MOMENTO


A tecnologia se desenvolve a pleno vapor e dá respostas a problemas repetitivos, coisas que não mais são atendidas por pessoas, ou que foram decaindo. Isso possui impacto direto nas atividades que são realizadas exclusivamente por pessoas. Criatividade e a capacidade de resolver problemas complexos são características que brilham no ser humano e, para que ele seja protagonista, precisam ser notórias.

Como você está desenvolvendo suas soft skills? Você já pensou nisso no ambiente de sua empresa? Deixe um pouco mais de sua experiência nos comentários!



👉 E ainda mais para você: Estabelecendo prioridades


GOSTOU DESTA POSTAGEM ? USANDO A BARRA DE BOTÕES, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS 😉!