Como se faz refrigerante?

watch_later 3 de dezembro de 2016
comment Comentar
Curiosidades


Refrigerante é uma bebida comum em comemorações ou mesmo no almoço de muitas famílias brasileiras. Apesar de polêmico, de forma moderada, pode ser uma opção em dias de maior correria ou quando você queria extrapolar 😂... Uma curiosidade que muitos podem ter é como que essa bebida é preparada. O mais comum é a versão industrial, mas há uma versão instantânea e uma caseira, e você confere como as três são feitas a seguir.

http://www.oblogdomestre.com.br/2016/12/Refrigerante.Industrial.Caseiro.Maquina.Curiosidades.html
[Imagem: Impact Ciencia]


REFRIGERANTE INDUSTRIAL

Segundo as revistas Mundo Estranho e Galileu, na produção de refrigerantes industriais, o controle de qualidade precisa ser bem forte. Na planta industrial, no início da linha de produção, há locais onde se armazena água (também tratada), gás carbônico (a 5ºC) e açúcar (todos com controle laboratorial de pureza).

Em um tanque misturador, de aço inoxidável, água e açúcar são misturados formando o xarope simples. Quaisquer impurezas, cores ou sabores estranhos são eliminados do xarope simples após a passagem por um filtro.

A seguir, será dado o sabor que o refrigerante irá assumir por meio da adição de um concentrado simples (corantes, conservantes, aromatizantes, sais minerais) e, em caso de refrigerantes de fruta, é adicionada uma fração de suco de fruta natural. Em um carborresfriador, o xarope recebe água e gás carbônico e é resfriado. Em proporção, água ocupa 3 partes, açúcar 3 e o concentrado 1 – exceto em caso de refrigerantes com stévia ou com adoçantes, onde mudam as proporções.

Por fim, o conteúdo será levado para embalar em latas ou garrafas. Não há contato manual em nenhuma etapa e mecanismos que verificam a vedação de tampas e o correto enchimento. No caso das latas, há a passagem por um forno, pois há condensação na superfície da lata e ela estragaria se fosse armazenada assim.

As embalagens são processadas na indústria também. As latas chegam abertas e recebem duas tampas em cada extremidade. Já as garrafas de PET chegam como tubos de ensaio e são ‘sopradas’ para que adquiram o formato final.

REFRIGERANTE INSTANTÂNEO

O xarope simples e alguns sais encontram-se armazenados no interior da máquina. O cliente escolhe qual o sabor que deseja, o que é feito com o acréscimo do concentrado simples e do dióxido de carbono. Os concentrados são guardados em contêineres pequenos com estampas dos sabores. A vantagem está na gaseificação feita na hora, pois muitas pessoas não gostam de refrigerante após a ‘perda’ do gás.

REFRIGERANTE CASEIRO

O refrigerante caseiro pode ser feito pela simples mistura entre frutas e água mineral com gás. Pode ser uma excelente opção para quem quer algo mais saudável sem abrir mão de uma bebida borbulhante. De maneira semelhante às cervejas artesanais, já se formou uma corrente de adeptos do refrigerante caseiro.

Caso você tenha pensado em misturar água mineral gaseificada e pó preparado para suco artificial, sua ideia não foi boa. A mistura, além de não trazer tantos benefícios como o suco gaseificado, fica com um aspecto de evaporação, como se estivesse quente.

E ainda mais para você: Heineken em pele de Pepsi



GOSTOU DESTA POSTAGEM ? USANDO A BARRA DE BOTÕES, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS 😉!
  • chevron_left
  • chevron_right

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELOS ÍCONES CIRCULARES) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

sentiment_satisfied Emojis do Google (texto para inserir)