Como que surge a pipoca?

watch_later 22 de maio de 2015
comment Comentar
Curiosidades


Primeiramente, para fazer pipoca é necessário ter um tipo de milho com características especiais, chamado milho-pipoca, que deve ter determinadas características, além de condições especiais no preparo e armazenagem. Sua estrutura é semelhante aos demais, com três partes: embrião (onde se localizam os genes), pericarpo e endocarpo, porém varia em termos das substâncias constituintes, basicamente amido e água. A água presente no milho-pipoca constitui um percentual total 14,5 % menor do que no milho comum, enquanto que o pericarpo é quatro vezes mais resistente.  

Saiba como isso acontece!
[Imagem: Magzita]


Durante a fabricação da pipoca, o aquecimento faz com que a água se transforme em vapor e pressione as paredes do grão, na forma de vapor, tentando a expansão de volume. O amido também passa a gerar pressão no pericarpo por conta de mudar de estado físico, ganhando mais consistência e ficando gelatinoso. A pressão gerada por ambos os efeitos de pressão é de cerca de 981 kPa ou 10 kgf/cm².

Com tamanha pressão, a casca irá estourar e ficar interna, sendo que a gelatina de amido se solidifica e forma aquela parte branca que tanto gostamos de comer. Caso a casca seja fraca e romper antes, o vapor irá escapar e não se formará a pipoca. Também pode ocorrer de não haver água o suficiente ou muita água no grão, de forma a não romper ou romper antes o pericarpo. Outro fato importante é de que há uma temperatura mínima para que a pipoca estoure: 150ºC.







GOSTOU DESTA POSTAGEM? USANDO A BARRA DE BOTÕES, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS!
  • chevron_left
  • chevron_right

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELOS ÍCONES CIRCULARES) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

sentiment_satisfied Emojis do Google (texto para inserir)