Frutas, Legumes, verduras e hortaliças - o que são e quais as diferenças entre elas?

watch_later 27 de abril de 2015
comment Comentar
Ciência & Saúde


Várias são as classificações dadas aos diferentes produtos que a gente encontra nas fruteiras ou verdureiras (dependendo da região do Brasil), sendo que a maioria das coisas que a gente encontra por lá devam fazer parte da nossa alimentação diária. Frutas, legumes, verduras e hortaliças garantem um bom suprimento das nossas necessidades diárias de vitaminas (veja mais nos posts sugeridos) sem precisarmos de suplementos vitamínicos, além de serem muito saborosas.

A seguir, vamos saber o que são frutas, legumes, verduras e hortaliças e algumas características de cada um destes grupos:

Alimentos saudáveis
[Imagem: hypescience]


Frutas ou frutos são o resultado da polinização de uma flor ou de um conjunto de flores. Quando se trata deste segundo caso, temos um fruto múltiplo (é como se fosse um conjunto de frutos unidos), como o morango e o abacaxi. O tomate, por exemplo, também é um fruto, que nem sempre é reconhecido como tal. Segundo conta a piada, ser inteligente é saber que tomate é fruta, ser esperto é não querer colocá-lo na salada de frutas.

Alguns exemplos de frutos/frutas são: laranja, limão, tomate, figo, abacaxi, goiaba, cereja, morango, maçã, pepino, azeitona, entre outros.

Legume é um sinônimo de vagem, advindo das leguminosas. Ou seja, quando alguém faz uma sopa de legumes com arroz, batata, ervilha e cenoura e diz que o legume é a cenoura, resta saber qual o tamanho da vagem que abrigou a cenoura. Compondo o grupo dos legumes ou vagens temos: feijão, ervilha, lentilha, amendoim, ‘vagem’, fava, tremoço e grão-de-bico.

Verduras são alimentos de cor verde, geralmente folhosos, como a alface, brócolis, repolho, agrião, acelga, entre muitos outros exemplos; e que compõem um grupo maior e mais generalizado, que é o das hortaliças, que são todos os gêneros cultivados em hortas. Mas, se esta é a classificação entre os diferentes tipos de alimentos encontrados em fruteiras e verdureiras, por que há uma série de outras concepções a respeito?

Segundo a revista Superinteressante, um dos fatores relacionados é o do sabor, pois a concepção de que toda fruta tem de ser adocicada é muito forte, o que gera a estranheza ao dizer que tomate é uma fruta. Outro é o dos nomes comerciais e costumes já consagrados. Pode ser que alguém faça uma sopa de legumes e que não haja nenhum legume sequer. Apesar dos pesares, a melhor forma de classificação ainda é a botânica, que não deixa dúvidas sobre um ou outro tipo, e que foi seguida para definirmos legumes e frutas.


E ainda mais para você: Por que comer frutas?





GOSTOU DESTA POSTAGEM? USANDO A BARRA DE BOTÕES, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS!
  • chevron_left
  • chevron_right

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELOS ÍCONES CIRCULARES) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

sentiment_satisfied Emojis do Google (texto para inserir)