Variedades

 

Vacinação é uma questão de saúde pública e de economia do país, e isso ficou claro com o passar do tempo. Só que para alguém vacinar, a outra pessoa precisa estar disposta e confiante a comparecer lá no dia e tomar o imunizante. Confiança é a palavra-chave, e é o que vamos ver nessa estória compartilhada pelo psiquiatra Rafael Lourenço nas redes sociais.

 

 

Com o bracinho pronto para vacinar
[Indo para a vacinação. Imagem: Richard Duijnstee / Pixabay]


 

DEPOIS, VOCÊ PODE LER TAMBÉM

» NHS: um dos orgulhos da terra da Rainha

 

» O Movimento Unidos pela Vacina

 

» Sputnik, no passado e no futuro

 

A ESTÓRIA DE DONA NOÊMIA E JAQUELINE

 

“Já era tempo de dona Noêmia se vacinar contra a COVID: sua filha Jaqueline havia visto na TV que bastava levá-la ao Posto de Saúde para ser vacinada no carro. Sua faixa etária começaria a ser vacinada em seu município naquela semana.

 

Chegando o dia, veio buscar a mãe. Ela estava irredutível e disse, entre outras frases:

 

- Vou não, minha filha!

- E se me injetarem ar?

- E se não funcionar?

- Melhor eu não sair.

- E se der reação?

- Vou não!

 

Inconformada, Jaqueline já estava dando como perdida a tentativa com a mãe. Mas antes de ficar chateada, veio vindo uma emoção de dentro do peito e estremeceu com uma lembrança.

 

Quantas vezes, quando era criança, não teve medo das vacinas? E quantas vezes a mãe não a fizera tomar, lhe passando segurança, confiança e amor...

 

Olhou nos olhos da mãe com ternura e disse, da mesma forma que a própria mãe falava com ela na infância:

 

- Você precisa tomar, mãezinha, não tenha medo. Estarei do seu lado.

 

E dona Noêmia perdeu o medo e foi tomar a vacina.”

 

POR QUE CONFIAR?

 

Dona Noêmia recebeu o carinho e confiou na filha, mas para isso, um monte de gente precisou estudar e testar o imunizante para que ela pudesse se sentir segura em atender ao pedido de sua filha. Na sugestão de post da linha azul 👇🏻, separamos um post onde falamos mais sobre vacinas:

 

 

 

E AINDA MAIS PARA VOCÊ:

👉 Sabendo mais sobre vacinas

 

 

GOSTOU DESTA POSTAGEM ? USANDO A BARRA DE BOTÕES, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS 😉!