As reuniões de condomínio e a participação cidadã

por - sábado, maio 04, 2019


Cultura e Comportamento


Quando vivemos em sociedade temos deveres, direitos e responsabilidades. Um condomínio nada mais é do que uma pequena sociedade onde cada um de seus moradores precisa colaborar para que a vida em comum funcione.

https://www.oblogdomestre.com.br/2019/05/ReunioesDeCondominio.CulturaEComportamento.html
[Imagem: Free-Photos/Pixabay]



A partir do condomínio é que se consegue entender desafios maiores, como os da política. Nem todos se interessam, ou quem está interessado pode ter opiniões e valores que divergem dos outros, mas, justamente por seu engajamento, pode se sobrepor.

Outro ponto interessante é o financeiro. Um condomínio não visa lucro, mas como todo o terceiro setor, precisa de superávit (traduzindo, ganhar mais do que gasta). Se não bastasse a necessidade de se autossustentar, nem todos os seus membros, ou condôminos, pagam certo (fazem com atraso) ou simplesmente nem pagam. Isso faz com que outras pessoas paguem por eles, tanto as contas tradicionais, como os custos com cobrança e até as vias judiciais.

Partindo para a administração pública, a ideia também é semelhante, com a diferença de que há níveis e níveis de contribuição com os cofres públicos, e a semelhança de que nem todos possuem a capacidade de contribuir financeiramente. Essas pessoas, para o estado, podem ser origem de auxílios diversos, que deveriam servir de trampolim para a vida comum.

Outro item interessante de observar em condomínios e que se reflete no resto da sociedade é o senso de limpeza e respeito ao coletivo. Muitos são os casos de pessoas que
jogam seus resíduos pela janela (defenestram) e atingem os veículos de vizinhos, ou geram amontados de matéria orgânica em decomposição, juntando insetos e gerando mau cheiro.

Estendendo à cidade, quantas são as pessoas que buscam dar o melhor destino ao resíduo que geram? Em esquinas, córregos, terrenos baldios ou alguns locais das áreas rurais é muito fácil observar alguns resíduos depositados indevidamente.

Muitos são os exemplos em que o condomínio reflete a realidade. Pensar e viver o coletivo não é tarefa simples, e exige a colaboração de todas as pessoas.





GOSTOU DESTA POSTAGEM ? USANDO A BARRA DE BOTÕES, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS 😉!

#PartiuLer Mais essas sugestões de posts!

0 comentários

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Não aceitamos comentários com links. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELA BARRA LATERAL - OU INFERIOR NO MOBILE) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!