O Juramento do Jornalista


Jornalismo



Em todos os cursos superiores, os formandos fazem um juramento prometendo honrar com os princípios da área de atuação, sempre respeitando e ajudando ao próximo. E com o jornalismo não é diferente.

Assim como o profissional da saúde, administrador, contador ou o bacharel em direito; os jornalistas com diploma também fazer um juramento de compromisso com a verdade, sempre ouvindo os dois lados dos fatos e ser o mais imparcial possível sem omitir ou inventar estória.


https://www.oblogdomestre.com.br/2017/03/OJuramentoDoJornalista.Variedades.html
[Imagem: Fenaj]



 Por isso que a sociedade precisa se mobilizar para que os políticos voltem a validar a obrigatoriedade do diploma de jornalista. Isso não limitará a liberdade de expressão, pois todos temos o direito de ir e vir. A sociedade só tem a ganhar com o profissionalismo dos jornalistas. O nosso papel é levar informação com credibilidade até você.

Um estudante de jornalismo não fica quatro anos na faculdade aprendendo a ler o que está no teleprompter para um dia apresentar um telejornal. Ele aprende noções de psicologia, filosofia, sociologia, direito, economia, política e muitas outras áreas.

Além da obrigatoriedade do diploma de jornalista, dever-se-ia criar um conselho federal de jornalistas assim com existe o conselho regional de medicina e a ordem dos advogados do Brasil (OAB) para fiscalizar o trabalho do jornalista. Hoje só existe a Fenaj (Federação Nacional do Jornalistas) e o sindicatos estaduais que ajudam os jornalistas.

Como futuro jornalista, o autor deste texto já assumiu esse compromisso mesmo antes da formatura, para que você leitor tenha um conteúdo de qualidade além de um profissional que está em busca da verdade. O texto do juramento do formando de jornalismo pode variar, mas abaixo segue dois modelos de juramento. Pode haver variações dependendo da instituição de ensino.


MODELO 1


Juro / exercer a função de jornalista / assumindo
O compromisso / com a verdade e a informação. /
Atuarei dentro dos princípios universais/ de
Justiça e democracia, / garantindo principalmente
/ o direito do cidadão à informação. /
Buscarei o aprimoramento / das relações
Humanas e sociais, / através da crítica e análise
Da sociedade, / visando um futuro/ mais digno e
Mais justo/ para todos os cidadãos brasileiros. /
Assim eu Juro.

MODELO 2


"Juro, no exercício das funções de meu grau, assumir meu compromisso com a verdade e com a informação. Juro empenhar todos os meus atos e palavras, meus esforços e meus conhecimentos para a construção de uma nação consciente de sua história e de sua capacidade. Juro, no exercício do meu dever profissional, não omitir, não mentir e não distorcer informações, não manipular dados e, acima de tudo, não subordinar em favor de interesses pessoais o direito do cidadão à informação. "
.

ESTE É UM ARTIGO ESCRITO POR MATEUS ROSA, jornalista formado pela UNIFACVEST de Lages/SC. Originalmente, este texto pertencia do blog Mundo em Pauta, que atualmente faz parte do Blog do Mestre. Mateus Rosa ainda é autor do Repórter Riograndense, site que trata da cultura gaúcha envolvendo curiosidades, tradicionalismo e a agenda local.


👉 E ainda mais para você: Editoriais, ou o jornalismo não imparcial



GOSTOU DESTA POSTAGEM ? USANDO A BARRA DE BOTÕES, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS 😉!

Um comentário:

Jose Vicente disse...

Este juramento não tem sido aplicado por parte da grande mídia

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELA BARRA LATERAL - OU INFERIOR NO MOBILE) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

Tecnologia do Blogger.