Opiniões polêmicas

Cultura e Comportamento  


Em jornais, revistas, programas jornalísticos, sites e blogs há uma infinidade de opiniões sobre tudo. Quando se fala em temas polêmicos, não necessariamente. Ou ainda, eles são tratados de maneira superficial. Mas isso se deve a alguns motivos, como repercussão negativa ou princípios jornalísticos. 

QUESTÕES FORTES
[Imagem: Indústria Criativa]


Quando se mostrar uma proposta de Lei que legalize o aborto, por exemplo, isto vai mexer com os valores de quem ler, ouvir ou assistir. De um ponto ou outro de vista, quem se manifestar contrário estará errado.

Em meios de comunicação de massa, é importante ter popularidade, também conhecida como audiência, e uma opinião contrária pode fazer milhares de pessoas deixarem um produto. É por isso que se parte para o jornalista, apresentador ou blogueiro como intermediário de uma conversa entre partes, mostrando um elemento favorável e outro contrário, para que então quem lê forme sua opinião.

Porém em alguns locais como os editoriais e as cartas do leitor, uma opinião pode ser mais clara, aí ocorrendo a formação de valor. Como forma de contrapor essa característica, alguns jornais fazem seus editoriais, disponibilizam o texto antes na web e coletam uma opinião de cada lado.

Até mesmo na conversa com outra pessoa, a lei que deve prevalecer é a do bom senso. Ter uma opinião contrária faz parte do ser humano, ou senão seríamos uma pessoa só.





GOSTOU DESTA POSTAGEM ? USANDO A BARRA DE BOTÕES, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS 😉!

Nenhum comentário:

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELA BARRA LATERAL - OU INFERIOR NO MOBILE) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

Tecnologia do Blogger.