Língua Portuguesa

 

Uma epêntese consiste na adição de som (fonema) em parte de uma palavra, o que facilita sua leitura ou fala. É um fenômeno fonético, que exige cuidado na escrita, e um cuidado também ao aprender outras línguas. Vamos saber mais?

 

 

Escrevendo em um caderno de rascunho
[Exercitando a escrita, além da fala. Imagem: Marcus Aurelius / Pexels]


 

DEPOIS, VOCÊ PODE LER TAMBÉM

» Orações reduzidas

 

» Algumas dicas de redação oficial

 

» Tempos verbais do indicativo

 

A LINGUAGEM FALADA X LINGUAGEM ESCRITA

 

É sabido que a linguagem falada acaba se diferenciando da escrita, tanto por ser mais espontânea, como por demarcar as diferenças de conhecimento da língua e hábitos dos falantes. Fato é que uma acaba influenciando na outra, e é preciso ter cuidado nesse ajuste entre as vias de comunicação.  As epênteses nada mais são do que fenômenos da linguagem oral e da forma com que nossa língua é estruturada.

 

ALGUNS TIPOS DE EPÊNTESES

 

Em nossa língua, temos palavras com as chamadas consoantes mudas, como:

 

- apto;

- advogado;

- abdicar;

- receptação;

- ritmo;

- afta;

- admiro;

- digno;

- pneu;

Dentre outras.

 

É comum que, ao falar, soem vogais como “e” ou “i” em meio às consoantes mudas, pois a língua portuguesa é formada, preferencialmente, com sílabas que sempre têm uma vogal e seguem aquela linha de ...vogal-consoante-vogal-consoante... Na linguagem oral, algumas pessoas acabam inclusive falando expressamente esse som, como quem fala “peneu”, por exemplo. Sair algum som na fala é normal, o cuidado é não transpor para a escrita.

 

PROBLEMAS DAS EPÊNTESES AO APRENDER OUTRAS LÍNGUAS

 

Nossa língua é bem sonora, quase toda letra possui um fonema próprio. Nos casos em que isso não acontece, existem as epênteses e outros fenômenos sonoros, como o som de “u” em palavras que terminam com “l” (como em “final”, por exemplo), nasalizações, etc.

 

Ao aprender outras línguas, precisamos ter cuidado para não levarmos esse vício de linguagem. Em Espanhol, não existem vários desses elementos sonoros, devendo-se realmente buscar a fala de consoantes “mudas”.

 

No Espanhol e no Inglês, há elementos da língua escrita que são conectados à fala e dependem dela, então as epênteses do Português, se repetidas, podem levar a erros. Um exemplo é o adjetivo “specific”. Como usamos o artigo indefinido como “a” ou “an” conforme o som da palavra seguinte, se pronunciamos “especific”, acabamos usando o artigo errado.

 

DA FALA À GRAMÁTICA

 

Alguns verbos possuem significado que remete à própria pessoa que faz a ação e a recebe. Na sugestão de post que você vê linha azul 👇🏻, separamos um artigo onde você consegue conhecer esses verbos:

 

 

 

E AINDA MAIS PARA VOCÊ:

👉 Os verbos reflexivos

 

 

GOSTOU DESTA POSTAGEM ? USANDO A BARRA DE BOTÕES, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS 😉!