Curiosidades

 

A pandemia demonstrou a total necessidade de que precisamos ser criativos, e um caso típico disso se refere a viagens, sejam elas para a praia, a cidade vizinha, na casa de nossos parentes e até para o exterior. Porque nossa renda diminuiu, ou porque existem muitas restrições, as viagens diminuíram: é preciso apelar mesmo para a criatividade, e a internet nos ajuda com isso. Vamos conhecer alguns jeitos de viajar sem sair de casa?

 

 

Olhe só como viajar sem sair de casa!
[Viajando sem sair de casa. Imagem: StockSnap / Pixabay]


 

DEPOIS, VOCÊ PODE LER TAMBÉM

» Planejando seu intercâmbio!

 

» Que tal ir para Kiev?

 

» Conhecendo alguns locais de Londrina

 

GOOGLE STREET VIEW

 

O Google Street View é uma ferramenta que ajuda muito no deslocamento nas cidades. Em 2012, postamos quando a ferramenta estava crescendo no Brasil (clique e relembre), inserida no ícone “Coloque-me no mapa” do Google Maps. No começo, cidades grandes (metrópoles e megalópoles) foram mapeadas, mas hoje até centros regionais e algumas localidades menores já podem ser vistas.

 

Como é um levantamento mundial, você pode escolher diversas cidades e se por como quem está na rua. Dá para ver muitos lugares mesmo, é só abrir o site e escolher.

 

GOOGLE STREET VIEW – INTERIORES, PARQUES E LOCAIS SEM RUAS

 

Há edificações diversas pelo mundo que possuem fotografias em visão 360º também para interiores. Com essa visão, você também pode conhecer locais especiais dessa forma. Um exemplo está no Parque Trianon, em SP, próximo ao MASP, que você pode visitar virtualmente.

 

Alguns locais não estão no Maps, mas no Google Arts and Culture, como o museu Inhotim de Brumadinho (MG), ou o castelo de Edimburgo (modelado 3D).

 

PROGRAMAS DE TV

 

Existem diversos programas de TV que apresentam roteiros turísticos e históricos de cidades pelo mundo, seja na TV aberta, seja em canais fechados. Na TV Globo, Globonews e no Globoplay, você pode ver programas de viagem no Globo Repórter, para vários destinos no mundo. Há programas na TV Brasil e retransmissoras. Na TV paga, o canal off, National Geographic, Discovery e outros falam sobre viagens.

 

O atual secretário da cultura, Mário Frias, já fez parte de uma iniciativa de marketing de conteúdo da CVC. Na série de programas que gravou com a família, mostram alguns destinos no Brasil e no exterior.

 

TOURS VIRTUAIS EM MUSEUS

 

Os museus criaram plataformas para visitação virtual, onde se pode saber um pouco mais sobre eles. Os recursos envolvidos são de vista em pontos específicos e áudios para ouvir e saber mais sobre o assunto que está sendo apresentado, já que não existe a pessoa do “guia” ao seu lado.

 

Um exemplo de museu que abriu o tour virtual é o Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro. Para ficar mais realista o tour, só se as portas se abrissem quando trocássemos de ambiente! Outros seriam o Museu do Vaticano, a Pinacoteca de SP, o museu do Louvre e vários mais.

 

SITES COM CÂMERAS AO VIVO

 

Também existe a opção de, ao invés de imagens estáticas, de ver o que está acontecendo ao vivo em outros lugares e conhecê-los. Existem alguns sites só com imagens ao vivo, como o EarthCam (que não é novo, por sinal, já possui duas décadas).

 

ANIMAIS E NATUREZA TAMBÉM SÃO MUITO LEGAIS EM VIAGENS

 

É bom conhecer novos lugares e culturas, e é muito legal também, quando seguro, ver um pouco da vida dos animais em nossas viagens. Na sugestão de post da linha azul 👇🏻, você vai descobrir os belíssimos papagaios-do-mar!

 

 

 

E AINDA MAIS PARA VOCÊ:

👉 Os puffins ou papagaios-do-mar

 

 

GOSTOU DESTA POSTAGEM ? USANDO A BARRA DE BOTÕES, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS 😉!