Entrando na cozinha

 

A cozinha é um ambiente onde se fazem as refeições diárias, ou aquele almoço de final de semana para as pessoas que trabalham e almoçam fora. Para quem usa diariamente, ou para quem usa algumas vezes, por semana, todos os equipamentos precisam ser pensados para facilitar as tarefas de preparar aquele delicioso almoço ou jantar.

 

Um dos protagonistas na cozinha é o fogão, que pode ser encontrado em novas opções no mercado, e uma delas é o cooktop de indução. Nesse artigo, você vai saber mais sobre essa novidade, que vem sendo divulgada pelas fabricantes de eletros.

 

 

Olhe a nossa panela e o nosso fogão trabalhando!
[Cooktop em funcionamento. Imagem: Republica / Pixabay]


 

DEPOIS, VOCÊ PODE LER TAMBÉM

» Existem horários bons ou ruins para tomar café?

 

» Algumas delícias das festas juninas

 

» O que são as tão contadas calorias?

 

COMO SÃO OS COOKTOPS CONVENCIONAIS?

 

Os cooktops são fogões de mesa, que mudaram um pouco a forma com que temos os fogões. Antes, para comprar um fogão, era necessário levar um forno a gás junto. Ainda é possível comprar essa forma de fogão, mas se tornaram mais populares os fogões de mesa, que são colocados sobre tampos de pedra nas cozinhas, liberando o espaço embaixo para armários, visto que a maioria das casas possui forno elétrico.

 

Em geral, os cooktops são feitos ou com tampo de vidro, ou inox, a depender da escolha de quem irá comprar ou limpar, visto que aqueles em vidro preto aparentam mais pó. Também funcionam com ligação de gás de cozinha, residencial ou predial. Existem modelos que funcionam apenas com energia elétrica, não a usando apenas para acender, mas para aquecimento por resistores elétricos (chamados popularmente de “resistências”, apesar de que resistência seja uma propriedade elétrica, e não uma peça em si).

 

E OS COOKTOPS POR INDUÇÃO?

 

O cooktop por indução é uma evolução do modelo vitrocerâmico, funcionando por aquecimento de resistores elétricos, mas com características especiais. Também demanda um circuito elétrico próprio e, segundo dados de fabricantes, seria equivalente a um chuveiro elétrico de alta potência (na casa dos 8.000 W) em termos de consumo.

 

O princípio de funcionamento traz mais segurança, pois só ocorre o aquecimento quando uma superfície adequada, de uma panela, está sobre o fogão. A indução eletromagnética só vai acontecer se a panela for de aço inox ou ferro fundido. Um teste bem fácil é colocar um ímã embaixo da panela: se grudar, é perfeita para o uso nesse tipo de fogão. Também é possível comprar panelas que funcionam melhor nesse fogão com fabricantes, como a Electrolux.

 

Nesse vídeo da Tramontina, é possível ver melhor como funciona esse tipo de fogão:

 

[Vídeo: Tramontina / Reprodução]

 

Existem algumas vantagens bem interessantes, como o fato de ser uma chapa limpa e aquecer por indução, o que permite usar panelas de diferentes tamanhos, grills e outros objetos para aquecer, sem se prender ao formato de uma boca de fogão. O fato de aquecer apenas com a panela sobre a chapa e ligando o seletor de potência traz mais segurança.

 

Por outro lado, como todo equipamento elétrico, é preciso ter um cuidado básico, negligenciado em muitas residências populares: a instalação elétrica. Essa instalação precisa ter condutores (cabos elétricos), disjuntores e todas as instalações corretas para que o fogão seja realmente seguro. Com esse fogão ou não, é fundamental um projeto elétrico feito por engenheiro civil (quando casa) ou engenheiro eletricista (qualquer tipo de prédio).

 

Para quem quer evitar sustos, alguns fabricantes vendem cooktops híbridos. Nesses modelos, há bocas que funcionam a gás e uma chapa para o aquecimento por indução, o que evita ficar sem fogão quando falta luz. Também existem modelos portáteis, com “uma boca”.

 

VOLTANDO PARA ANTIGAMENTE

 

Falamos dos fogões mais modernos que existem nesse post, mas existem outros tipos que estão presentes na casa de muitas pessoas, e que suscitam discussões sobre qual é o melhor também. Na sugestão que você encontra na linha azul 👇🏻, relembramos o nosso post que fala das diferenças entre fogões a lenha e a gás:

 

 

 

E AINDA MAIS PARA VOCÊ:

👉 A lenha ou a gás?

 

 

GOSTOU DESTA POSTAGEM ? USANDO A BARRA DE BOTÕES, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS 😉!