O prefixo (des)

por - terça-feira, setembro 17, 2019


Língua Portuguesa


Entender a estrutura das palavras faz parte dos estudos em língua Portuguesa dos ensinos fundamental e médio. Isso não é mero protocolo, tampouco uma forma de passar informações inúteis sobre língua.

Ensina-se aspectos de construção de palavras para que se possa entender o que elas significam sem precisar decorar a todas. Quando você encontra "logia", de cara saberá que é o estudo de algo.

https://www.oblogdomestre.com.br/2019/08/PrefixoDES.LinguaPortuguesa.html
[Imagem: miniformat65/Pixabay]



Por que saber as partes das palavras?


Além do motivo apresentado acima, a ideia principal de saber essas partes consiste na formação de novas palavras com significados próximos ou completamente diferentes. O verbo arrumar, por exemplo, muda todo o seu sentido e vira sinônimo de bagunça ao colocarmos "des-", virando desarrumar.

Com isso, cria-se usuários hábeis da língua, capazes de não só ler e escrever, mas entender e manipular os termos para adequadamente se expressar.

Radical, prefixo e sufixo


Para a formação de palavras, tem-se um núcleo, chamado de "radical". Com o acréscimo de afixos - "prefixos" antes ou "sufixos" depois - novas palavras surgem. Com a leitura da esquerda para a direita, os prefixos estão à esquerda do radical e os sufixos à direita.

Do radical, o acréscimo de prefixos, sufixos ou outros processos para a formação das palavras chama-se derivação. Se os afixos (prefixo e sufixo) são acrescidos ao mesmo tempo, temos a derivação parassintética.

Interpretações


Colocou-se o prefixo (des) no título dessa postagem como um exemplo que iríamos tratar na formação de palavras. Esse prefixo indica oposição ou contrariedade. Mas aí você se depara com a palavra

- - - - - - Desenvolvimento - - - - - -

Retirando o prefixo, a palavra restante é "envolvimento", mas desenvolvimento não parece ser o contrário de se envolver, mas mudar para melhor. E aqui chegamos ao ponto desse exemplo: mudar.

O prefixo (des) indica contrariedade. O radical (volvere) significa rolar, fazer girar. E o sufixo (mento) leva a uma mudança de classe gramatical, do verbo para um nome que propõe uma ação.

Dessa forma, desenvolvimento seria a ação de fazer mudar a forma com que algo está rolando. Faz sentido - se eu não conhecesse o significado de desenvolvimento, poderia construí-lo junto com a palavra.
.


👉 E ainda mais para você: O que são verbos abundantes?



GOSTOU DESTA POSTAGEM ? USANDO A BARRA DE BOTÕES, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS 😉!

#PartiuLer Mais essas sugestões de posts!

0 comentários

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Não aceitamos comentários com links. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELA BARRA LATERAL - OU INFERIOR NO MOBILE) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!