Você sabe o que é uma calça Saint Tropez?


Variedades


Considerada como inovadora e uma queridinha da moda para uns, a calça Saint Tropez é também um pesadelo e totalmente desconfortável para outros. Mas afinal, como é essa calça? E como ela surgiu?

https://www.oblogdomestre.com.br/2019/02/CalcaSaintTropez.Variedades.html
[Imagem: Camila Ceo]



Na década de 1960, onde a moda feminina baseava-se majoritariamente em vestidos e saias que alongavam os corpos, com cortes retos e discretos, eis que surge uma peça de roupa diferenciada e altamente afrontosa. E foi em meio a este cenário, que surgiu a calça Saint Tropez, quebrando o padrão de vestimenta da época e dando liberdade as mulheres.

Para quem vivia restrita a saias e vestidos, usar calça já era inovador, agora, usar uma Saint Tropez... O motivo de tanta repercussão se deve ao fato do modelo da calça possuir cintura baixa, de modo que fosse exibido toda a região em volta do umbigo.

A intenção deste modelo de calça era valorizar e alongar o torso feminino, uma vez que as demais calças da época apresentavam aproximadamente 30 cm de frente o que “achatava” seus corpos. Já a Saint Tropez possuía de 10 a 20 cm de frente, dando a impressão de alongamento.

E DEPOIS DO LANÇAMENTO?


Após o lançamento da calça, muitas pessoas aderiram a moda e começaram a inovar seus look’s. Era muito comum o uso desta calça com míni blusas, o que favorecia as curvas da mulher. Logo adiante, em 1970, com o movimento hippie, o qual manifestava o movimento da contracultura, houve inovação com a calça Saint Tropez: essa passou a ter boca de sino, ser confeccionada em jeans e ganhou bordados e recortes.

Nos anos 80, a moda passa a ser as calças de cintura alta, no entanto, a Levis, apostou no modelo Saint Tropez, porém com modelos diferentes, sendo estes: Tight Fit e Slim Fit (caimento justo, apertado).  Já no fim dos anos 90, a cintura baixa volta a moda, mas com um novo estilo e nome. A coleção Dante apresenta as calças bumsters com cintura baixa. E em 2000, Britney Spears retorna com a moda da cintura baixa, sendo a sensação da moda por toda a década. Nesta época, calças com cintura baixa eram um símbolo de sensualidade.

Cintura baixa só se tornou assunto novamente em 2012, no desfile do estilista Marc Jacobs para a NY Fashion Week. O intuito do estilista foi trazer peças que não atribuíssem a imagem da cintura baixa à sensualidade.

CURIOSIDADES


- Este modelo de calça só chegou ao Brasil nos anos 70, quando ainda era uma febre e estava recebendo modificações de hippies.

- A calça Saint Tropez foi mencionada em no hit Cumade e Cumpade, de 1998, da dupla Leandro e Leonardo. O trecho da música que cita o modelo de calça é:

“Veste a calça Saint-Tropez
Que deixa o umbiguinho de fora...”

- Outra pessoa que também citou a calça Saint Tropez em uma de suas obras, foi Carlos Drummond de Andrade, em sua crônica Umbigo. Ele não chega a citar o nome, porém faz referências a mesma e como ela impactou na época:

"Umbigos andam por aí desafiando tua capacidade de curtir o novo dentro do eterno. Se na praia eles não são percebidos, porque se inserem no quadro global, na rua, no coletivo, na loja, no escritório, são uma presença nova, uma graça diferente acrescentada ao espetáculo feminino, um dom sem destino certo, que é a bonificação de um ano em que tantos perderam na bolsa, mas acabaram lucrando na vista...”


👉 E ainda mais para você: Naturais ou com silicone?



GOSTOU DESTA POSTAGEM ? USANDO A BARRA DE BOTÕES, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS 😉!
TEXTO PRODUZIDO COM O APOIO DA “AFILIADOS NA WEB”: (https://afiliados-na-web.com/como-criar-um-blog/)

Nenhum comentário:

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Não aceitamos comentários com links. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELA BARRA LATERAL - OU INFERIOR NO MOBILE) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

Tecnologia do Blogger.