O estranho que vira parente

por - sexta-feira, janeiro 18, 2019

Cultura e Comportamento


Uma das coisas mais importantes que existe é a nossa família. Nela, temos a maior experiência de amor e companheirismo, vivemos nossas maiores alegrias e dores, temos amparo, conforto, afago. Só que existe um ponto bem interessante dentro dessa história toda: o como que essa família se forma.

https://www.oblogdomestre.com.br/2019/01/OEstranhoQueViraParente.CulturaEComportamento.html
[Imagem: Alexas_Fotos/Pixabay]



Nossos adolescentes e adultos, na maioria dos casos, terão vontade de se relacionar com alguém. Tamanha é a vontade, chegará o momento que namorados ou namoradas, maridos ou esposas surgirão.

A família irá crescer e novas pessoas irão surgir. Há quem entenda que essas novas pessoas não são a sua família, mas "estranhos". Essa concepção tem um probleminha, por três motivos:

1. A família deixa de existir se novas pessoas não se inserirem a ela. Filhos, netos, sobrinhos, cunhadas, sogros são coisas que vêm da união entre pessoas.

2. A ideia de família assume várias escalas. Pode ser que se tenha muitos tios, primos e sobrinhos, mas você não terá convivência diária com eles. Eles não passam as noites e te fazem companhia para o café da manhã, e essa "microfamília" pode ser uma prioridade de vida.

3. Independentemente de trazer pessoas novas para a família ou não, o convívio com outras pessoas nos transforma como seres humanos.

Diante de tantos motivos, a família se forma de estranhos cujas vidas se cruzam e passam a fazer parte.  Eles serão, ao longo do tempo e convívio, assimilados como sendo a nossa família.

E pensando nessa relação de estranhamento por novas pessoas, é compreensível que pais não sejam favoráveis aos parceiros dos filhos dormirem ou ficarem muito tempo em suas casas. É preciso criar confiança para se ter intimidade.

E essa intimidade não surgirá com pessoas fechadas. Cada novo membro da família precisará de muito apoio para se sentir família. E todos devem colaborar para isso, afinal família é carinho e acolhida, não é mesmo?


👉 E ainda mais para você: O enigma do acidente



GOSTOU DESTA POSTAGEM ? USANDO A BARRA DE BOTÕES, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS 😉!

#PartiuLer Mais essas sugestões de posts!

0 comentários

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Não aceitamos comentários com links. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELA BARRA LATERAL - OU INFERIOR NO MOBILE) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!