Banha de porco ou óleo de soja?

Ciência e Saúde


A banha de porco foi, durante muito tempo, a queridinha de muitas residências brasileiras. Segundo as pessoas que já têm certa idade, ela agrada muito mais, fazendo a comida parecer mais gostosa, além de ser mais saudável, pois não cria um aspecto ‘grudento’ nas panelas, como ocorre quando se usa óleo de soja. Mas, será que estes argumentos justificam a opção pela banha de porco? 

http://www.oblogdomestre.com.br/2016/12/TiposDeGorduras.BanhaOuOleoOuAzeite.Alimentos.html
[Imagem: Prozis]


Primeiramente, pense que seu estômago não é feito de metal. Assim, quando falamos em digestão, estamos tratando de coisas diferentes. Lembrando que a banha de porco é retirada de películas de gordura animal, justamente aquelas que não são recomendadas quando se ingere churrasco...

Na escala de tolerância, devemos praticamente banir de nossa vida as gorduras trans, presentes em biscoitos e afins (dando crocância 😭), e preferir gorduras insaturadas (de origem vegetal ou mesmo animal) a gorduras saturadas (como a banha de porco). Estudos demonstram que privilegiar gorduras insaturadas diminuiu o risco de doenças cardiovasculares, câncer, doenças respiratórias e neurodegenerativas, na mesma linha dos princípios da dieta mediterrânea, que vêm demonstrando ser bastante saudável.

Dentre as gorduras insaturadas, destaque para as poli-insaturadas, como o ômega-3 e ômega-6, presentes em peixes e óleos vegetais (soja, canola, azeite). Na cocção de alimentos, médicos indicam que o óleo de soja pode ser utilizado, sem maiores problemas, desde que seja descartado após o uso. Claro que não se pode ficar abusando de frituras só porque está sendo usado o óleo...

O azeite pode ser utilizado na cocção de alimentos, mas há um prejuízo em seu uso aquecido, pois são perdidos nutrientes. Assim, o azeite de oliva poderia ser usado para temperar saladas e pratos e óleos de soja, canola ou milho para preparos com cocção.
Peixes em si são bastante saudáveis e devem ser consumidos ao menos uma vez por semana.  Não devem ser preparados fritos, já havendo um toque especial em função das gorduras poli-insaturadas.

Tudo isso significa que devemos banir a banha de porco e outras gorduras saturadas? A resposta é não, mas o consumo diário deve ser bastante moderado. Assim, gastando a cota diária de gorduras saturadas com todos os preparos culinários, corre-se o risco de facilmente ultrapassá-la e sofrer as consequências.

E ainda mais para você: O que são as tão contadas calorias?



GOSTOU DESTA POSTAGEM ? USANDO A BARRA DE BOTÕES, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS 😉!

Nenhum comentário:

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELA BARRA LATERAL - OU INFERIOR NO MOBILE) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

Tecnologia do Blogger.