Os 11 tipos de candidatos

Curiosidades


Em meio às eleições, além de jogos de marketing e slogans ou muito bons ou muito ruins, os candidatos fazem o que podem para conquistar o voto do eleitor. Exceto para cargos com menor número de vagas, como chefes de executivo (prefeito, governador e presidente), não há tempo suficiente para apresentação adequada de propostas. Vereadores e deputados fazem milagre com o tempo que têm, adotando estilos bem peculiares, como os que você vê logo a seguir (não que os demais candidatos não possam ter estes estilos).

Eleições
[Imagem: Pablo de Assis]


1) Soletrador: Como não há tempo para dizer mais nada, o importante é decorar o número que este candidato lhe falar: N-N-N-N-N, repetindo N-N-N-N-N;

2) Candidato da Renovação: Aproveitando a descrença na classe política, o candidato da renovação quer ingressar no poder pela primeira vez e ressalta esta característica. O problema é que esta estratégia só funciona uma única vez até ser eleito;

3) Comunista: Esse luta pelos conselhos populares, pelos impostos maiores para os mais ricos e menores para a classe trabalhadora, pelo não pagamento da dívida externa (ou aos banqueiros, ou aos poderosos, varia o credor...);

4) Ficha-limpa e incorruptível: Depois dos últimos escândalos de corrupção no Brasil, a moda é ser honesto, pelo menos até o fim da eleição;

5) Líder comunitário ou representante de classe: Como representante da Região da Abóbora Amassada, dos trabalhadores da indústria, do comércio de lingerie, das mulheres ou dos homens com menos de 1,50 m, este candidato faz o parlamento ser mais plural, não importando o que deseja apresentar como projeto de Lei;

6) Ecológico: Mandou plantar 5.000 árvores, após o cálculo das emissões de dióxido carbono geradas ao longo de sua campanha;

7) Radialista e locutor: Não dá para ter ideia o que irá fazer, mas que irá ler lindamente um projeto de Lei, isso é inegável;

8) Palhaço: Apesar de tudo, sabe que o Parlamento é lugar de gente séria;

9) Experiente: Com 16 anos de carreira política, sabe como e quando fazer. Só não faz;

10) Gestor técnico: Não é político profissional (o destino quis que se tornasse) e está na Política por estar insatisfeito como ela do jeito que está;

11) Fofoqueiro: Faz questão de contar o que os outros fizeram de errado.


Você conhece mais algum político típico que não tenha sido citado? Comente!






GOSTOU DESTA POSTAGEM ? USANDO A BARRA DE BOTÕES, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS 😉!

Nenhum comentário:

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELA BARRA LATERAL - OU INFERIOR NO MOBILE) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

Tecnologia do Blogger.