Xô Gordura

watch_later 5 de janeiro de 2016
comment Comentar
Utilidades


#FicaADica


Alimentos gordurosos, além de poderem produzir efeitos danosos para a saúde, ainda geram sujeiras de remoção mais difícil em utensílios domésticos. Então todas as alternativas para diminuir o uso de gorduras na alimentação são bem-vindas. Vejamos abaixo algumas delas.


Air Fryer Philips
[Imagem: E Agora]


1) Utensílios antiaderentes: famosos principalmente pela marca TeflonTM, cuja história começa em 1938: Dr. Roy Plunkett, de uma antiga divisão da DuPont, trabalhava com fluidos refrigerantes, quando, no laboratório, ao vaporizar um cilindro que continha duas libras de gás, percebeu, pouco depois, que o fluxo de gás no cilindro tinha parado. Ao desmontar e abrir o cilindro, encontrou em seu interior uma substância branca em pó, a qual concluiu ser tetrafluoroetileno polimerizado. De lá para cá, diferentes utensílios passaram a ser produzidos com o componente de menor aderência já sintetizado até então. Apresenta a grande vantagem de ser inerte quimicamente a praticamente tudo, podendo ser usado com segurança na cozinha;

2) Air Fryer: as fritadeiras sem óleo simulam a consistência de alimentos fritos usando muito pouco ou nem usando óleo, contendo uma ventoinha que espalha ar quente por todo o recipiente de fritura. Caso o alimento já possua algum tipo de gordura, como uma bife, não há a necessidade de acréscimo, pois a consistência de fritura é obtida com a colisão da gordura que já havia no alimento que passa a circular e volta para a sua superfície após aquecida. Parte dessa gordura é perdida no recipiente do fritador. Sem gordura, o funcionamento simula um forno, porém muito mais rápido;

3) Cocção Prévia: muitas vezes, o que se quer é obter a consistência crocante dada pelo preparado frito, mas não é necessário aquecê-lo por completo fritando-o. Alguns alimentos, como batatas por exemplo, podem ser cozidos primeiramente e, após, fritos com pequena quantidade de óleo, buscando apenas uma casquinha mais crocante;

4) Mixar carnes mais e menos magras: se a tentação por uma gordurinha é grande, algumas carnes podem ser consideradas ‘secas’ demais por alguns paladares. O jeito pode ser maneirar nas carnes mais gordas e misturá-las em preparos com carnes mais magras. Um excelente exemplo é preparar medalhões ou espetinhos com bifes de frango envolvidos em finas fatias de bacon;

5) Trocar seus alimentos por opções menos gordurosas: se o jeito é cortar gorduras, é possível ter boas opções. Não dá para escapar da diferença do paladar, mas é preciso refiná-lo para consumi-las. Prefira queijos brancos, leite semidesnatado ou mesmo desnatado, molhos à base de extrato de tomate e sem creme de leite (aliás, não o insira nas frutas como sobremesas, pois é desnecessário).





Þ GOSTOU DESTA POSTAGEM? USANDO A BARRA DE BOTÕES, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS!
  • chevron_left
  • chevron_right

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELOS ÍCONES CIRCULARES) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

sentiment_satisfied Emojis do Google (texto para inserir)