A Agricultura no Brasil

watch_later 29 de abril de 2015
comment Comentar
Variedades


O setor agropecuário no Brasil é um dos maiores geradores de renda e riquezas dentro de nosso país, desde os seus primórdios, quando ainda se passava o ciclo da cana-de-açúcar, até as altas taxas de produtividade em lavouras de milho e soja nos dias atuais. A renda bruta da agricultura brasileira deve ter um crescimento de 1,5% em 2015, chegando a R$ 286,4 bilhões, segundo a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). O Ministério da Agricultura estima que dois terços da produção agrícola mundial seja brasileira até 2030, em função da crescente demanda asiática.

 
Produção de trigo
[Imagem: Revista Plantar]


Quando se fala em geração de renda, estamos contando desde os grandes produtores, até a agricultura familiar, que passou a contar com incentivos como programas de financiamento e o fornecimento preferencial para a merenda escolar. Ela corresponde a 77% dos empregos gerados no setor, proporção natural dado o caráter familiar, com policultura, às vezes com pouca mecanização, desta fatia tão importante.

Um dos fatores que merecem destaque à monstruosa expansão agrícola brasileira é o desenvolvimento de tecnologia, onde se aumentou em muito a produção em áreas iguais ou até menores para uma mesma cultura. Basta perguntar a qualquer brasileiro que tenha vivido no Brasil rural de algumas décadas atrás e ele dirá que era muito mais nítido o espaçamento entre dois pés de milho. Porém, como se sabe, produtos primários possuem baixo valor agregado e isto possui um enorme reflexo na balança comercial brasileira.

Não é solução deixar de lado um dos mais fortes setores de nossa economia, porém é preciso trazer valor agregado a ele. Quando estendemos nossa visão não só aos produtos agrícolas, mas às commodities em geral, vemos que o Brasil vende certas matérias-primas e importa o produto que leva estas matérias-primas pagando o valor agregado que trivialmente se espera.

E dentro da agricultura está uma das chaves para o desenvolvimento: a inovação. Uma boa iniciativa por parte do Governo foi a criação da Embrapi, órgão que irá buscar o desenvolvimento industrial, da mesma forma que ocorre na Embrapa. O Brasil espera que, assim como a agricultura é forte e competitiva, que comecemos a ver seus frutos crescerem e se fortalecerem aqui dentro do nosso país.

E ainda mais para você: Cotações do Mercado Agrícola





GOSTOU DESTA POSTAGEM? USANDO A BARRA DE BOTÕES, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS!
  • chevron_left
  • chevron_right

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELOS ÍCONES CIRCULARES) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

sentiment_satisfied Emojis do Google (texto para inserir)