O tópico frasal, frase, oração, período e sentido.

por - sexta-feira, março 27, 2020

Língua Portuguesa


A linguagem falada é espontânea, por vezes incorreta em alguns pontos, mas exige menor planejamento. Por outro lado, a linguagem escrita precisa ser bem feita para que transmita a mensagem corretamente, ainda mais porque o escritor nem sempre poderá explicar itens estranhos ao leitor, pela distância física.

Para escrever bem, além de ler bastante, é preciso conhecer as estruturas da escrita, como frases, orações, períodos e tópico frasal, dentre outras. Conhecendo essas estruturas e sendo criativo, pode-se fazer textos incríveis, ou mesmo textos simples, mas que sejam adequadamente escritos.

Então vamos conhecer ou relembrar o que são frases, orações, tópico frasal e períodos? Iremos abordar cada um nos itens seguintes!

https://www.oblogdomestre.com.br/2020/03/ConstrucaoDeTextos.Frase.Oracao.Periodo.TopicoFrasal.LinguaPortuguesa.html
[A arte de unir palavras, formando orações e textos. Imagem: Willi Heidelbach/Pixabay]



O QUE SÃO FRASE, ORAÇÃO E PERÍODO?


A frase (ou frase nominal, para alguns autores) é a menor unidade da escrita, sendo um conjunto de termos com sentido completo e desprovido de verbo, como por exemplo:

Bom dia!
Que legal!
Que mulher linda!

Já a oração (também chamada de frase verbal) possui um verbo de ação ou estado (ou locução verbal) incluído em sua estrutura.

Geralmente, para sabermos quantas orações existem no texto, é preciso contar o número de verbos ou locuções verbais (conjunto de termos com valor de um verbo). Alguns exemplos:

Admiro sua beleza há anos!
Quando fui viajar, comprei roupas e uma lembrancinha para minha avó.
Paguei as contas, recebi um recado da dona Anésia e chamei um Uber.

Períodos são agrupamentos de orações providos de sentido completo. Quando possuem apenas uma oração, são períodos simples, e a oração chamada de absoluta. Quando há mais do que uma oração em um mesmo período, trata-se de período composto. Vamos ver alguns exemplos?

Período simples:
Arrumei minha cama pela manhã.
Gastei todo o meu salário.
Cumpri minha jornada em três dias.

Período composto:
Falei que era errado fazer aquilo e paguei por isso.
Cancelei a minha assinatura porque ficava sem conexão quando mais precisava.

O TÓPICO FRASAL - O QUE É E QUAIS SEUS TIPOS?


Dentro de um texto qualquer, aprende-se que há uma estrutura básica com introdução, desenvolvimento e conclusão. Para parágrafos, vale a mesma regra. O tópico frasal será a primeira frase ou o primeiro período do parágrafo, introduzindo o conteúdo. Há diferentes tipos de tópico frasal, os quais iremos ver alguns a seguir.

Tópico frasal de interrogação


Com ele, você começa instigando o leitor por meio de uma pergunta. Por exemplo:

Está cansado de trabalhar muito e ganhar pouco? O mercado está cada vez mais exigente, e você precisa estar atento [...]

Note que a pergunta não é respondida de imediato. A resposta deve ocorrer ao longo do parágrafo ou até mesmo do texto.

Tópico frasal de declaração inicial


Com esse tipo de tópico frasal, você apresenta uma ideia e irá comentá-la em seguida. Não há suspense formado. Por exemplo:

O coronavírus apresenta baixa letalidade. As pessoas que possuem maior taxa de mortalidade são aquelas que possuem baixa imunidade.

Esse modelo de tópico frasal apresenta conceitos iniciais.

Tópico frasal de alusão histórica


Sempre é bom estabelecer qual o contexto histórico, principalmente quando queremos traçar uma evolução do conhecimento em uma dada área. Também há a possibilidade de explicar uma realidade atual com base na alusão, como uma data comemorativa, por exemplo:

Em 1911, cento e trinta mulheres morreram em uma fábrica de têxteis e, nessa mesma data, comemoramos o dia internacional da mulher. As mulheres conquistaram direitos, ingressaram no mercado de trabalho e chefiam algumas famílias. Resta agora assegurar que cada uma dessas conquistas seja mantida.

Tópico frasal de citação


As citações também são uma forma de introduzir um parágrafo, trazendo algum elemento que pode ser conhecido do leitor. Vamos a um exemplo:

"Ser ou não ser: eis a questão." Todos têm dúvidas sobre qual rumo profissional tomar, e uma orientação de carreira pode ser um excelente caminho para voltar a prosperar.

O SENTIDO E A CONSTRUÇÃO DO TEXTO.


Cada unidade do texto é provida de sentido, seja ela uma frase ou um período. Para que isso ocorra, é preciso ficar atento a um erro comum, que é o de usar ponto final e dar continuidade em uma mesma ideia. Vamos ver um exemplo, retirado de uma embalagem de mistura bicomponente impermeabilizante X:

"Muito usado para fixação de peças sanitárias, cubas de pias, lavatórios e tanques. Tanto em mármore quanto em concreto."

Note que há dois trechos separados por pontos. Feito isso, observe o segundo trecho:

"Tanto em mármore quanto em concreto."

Não há sentido do trecho isolado sem o restante. Segundo o Manual de Redação da Presidência da República, esse problema se chama frase ou oração fragmentada. A fragmentação nada mais é do que pontuar uma oração subordinada ou locução como se fosse completa em sentido. Na Literatura, vale como recurso estilístico, mas em quaisquer outros textos, fica péssima. O manual traz outro exemplo:

"O Programa recebeu a aprovação do Congresso Nacional. Depois de ser amplamente discutido."

Corrigindo os nossos exemplos, teríamos:

"Muito usado para fixação de peças sanitárias, cubas de pias, lavatórios e tanques, tanto em mármore quanto em concreto."

"O Programa recebeu a aprovação do Congresso Nacional, depois de ser amplamente discutido."

"Depois de ser amplamente discutido, o Programa recebeu a aprovação do Congresso Nacional."

Por fim, pode-se verificar que toda a estrutura do texto deve ter introdução até conclusão. Isso vale nas unidades menores. Não se deve forçar a fragmentação para parecer que o texto é maior, pois é nítido o erro quando acontece.

Cada parágrafo deve ser constituído por, pelo menos, dois períodos compostos. O primeiro pode ser o tópico frasal e os demais conferirem desenvolvimento.


👉 E ainda mais para você: Redigindo ofícios


GOSTOU DESTA POSTAGEM ? USANDO A BARRA DE BOTÕES, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS 😉!

#PartiuLer Mais essas sugestões de posts!

0 comentários

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Não aceitamos comentários com links. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELA BARRA LATERAL - OU INFERIOR NO MOBILE) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!