Não se faz gestão sem informação



Variedades


Não importa o tamanho do negócio, se durará por muitos anos ou será um projeto. Também é indiferente ser algo familiar, de pequeno porte ou grande empresa, ou ainda ser público. Não se administra de maneira conveniente qualquer coisa sem um requisito básico: informação.

https://www.oblogdomestre.com.br/2018/09/InformacaoETudo.Variedades.html
[Imagem: SAVECOM]



Toda informação tem seu custo, que deve ser compensado de alguma forma. Como recurso que exige equipamentos e/ou pessoas, a quantidade e detalhamento precisam ser balanceados com o orçamento, para evitar ou a inutilidade ou a demora de resposta.

No âmbito do governo, o censo é uma fonte de informações para futuras decisões. Nele, define-se idades e perfis familiares, distribuição geográfica, ocupações e renda, dentre outros requisitos que podem nortear políticas públicas. Por exemplo, notando o aumento da população idosa, pode-se repensar o atendimento nas unidades de saúde, programas para melhoria da qualidade de vida ou reequilíbrio do sistema previdenciário. Outro exemplo de recurso de informação está na ideia de cidades inteligentes, onde pacotes de sensores promovem envio de dados com maior densidade e atualidade aos setores da administração pública.

Nas empresas, é comum o uso de sistemas de indicadores, que são valores numéricos que permitem tecer comparações futuras, traçar metas ou analisar evoluções por conta de mudanças em processos. O processo de comparação é corriqueiramente conhecido por sua versão em língua inglesa - benchmarking - cuja referência pode ser o valor histórico, normas e tabelas (tomando a construção civil, seriam exemplos a SINAPI e a TCPO).

Um ponto favorável aos anúncios em sites e aplicativos também está no requisito informação. Ao contrário de panfletar e voar papéis ao vento ou encher lixeiras, onde você entrega seu recurso para quem não é potencial cliente, quando você anuncia online, você consegue definir quem irá ver sua propaganda, aumentando as chances de vendas. Os gerenciadores de propaganda conseguem obter o perfil dos clientes (sem saber nomes e outros, mas características básicas) por meio de cookies e outros recursos, e entregam propagandas mais efetivas. Claro que, sob o ponto de vista do consumidor, ele pode se sentir bombardeado por muitas propagandas do que pesquisou por uma única vez, sendo um inconveniente do marketing digital.

Na área de pesquisa, não necessariamente se tem um negócio a gerir, mas algo não menos precioso, que é o tempo. Pode haver muita produção científica, sendo importante elencar e ler o mais relevante, baseando-se em dados como citações ou alcance do periódico científico.

Informação é tudo. É aquilo que te mostra o que já foi, ilustra o que é e permite projetar o que será!



👉 E ainda mais para você: Contrastes e a pirâmide de Maslow



GOSTOU DESTA POSTAGEM ? USANDO A BARRA DE BOTÕES, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS 😉!

Nenhum comentário:

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELA BARRA LATERAL - OU INFERIOR NO MOBILE) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

Tecnologia do Blogger.