A solução para o preço dos combustíveis


Variedades

Nos últimos meses, a nova política de preços da Petrobras vem causando reajustes semanas pós semanas. Os canais de distribuição e varejo vêm reajustando também, nunca para menos. Os governos federal e estadual não abrem mão de impostos.

Resultado disso? Em certos locais do país já se vende o litro de gasolina por mais de cinco reais.

https://www.oblogdomestre.com.br/2018/05/AltaDosCombustiveis.Alternativas.Variedades.html
[Imagem: Revista Veja]



Isso possui um impacto muito grande em nossa economia. Nosso principal modo de transporte é o rodoviário, em detrimento de soluções mais eficientes. Claro que existe o enorme benefício do transporte porta-a-porta; a comodidade de sair de casa quando precisar, sem depender de horários definidos por outrem; a liberdade de guiar por onde quiser.

Mas isso está se tornando insustentável. O alto preço dos combustíveis pode ser um estímulo para pensarmos novas formas de locomoção ou outros combustíveis. Claro que quem vive de transportar cargas terá de encontrar outros meios de driblar essa situação, e, talvez daqui há alguns anos, conte com opções elétricas (já existe um ônibus elétrico atuando na Universidade Federal de Santa Catarina, fruto de uma pesquisa da mesma, por exemplo).

O indivíduo urbano precisa deixar de usar um automóvel para ir comprar pão (e apenas pão) na esquina. Caminhar para fazer certos trajetos. Reaprender a usar as próprias pernas e subir os degraus de uma escada. Quando não houver impedimento de tempo ou de saúde, devemos usar os próprios pés.

O transporte coletivo é outro elemento que precisa ser a maior opção de transporte urbano. Isso ajuda a tornar viável maior número de linhas e horários, bem como ajuda a desafogar o tão conturbado trânsito urbano. São cinquenta pessoas em doze metros, contra cinquenta veículos ocupando mais de cem metros, com um motorista dependendo de outros quarenta e nove tempos de resposta.

E vamos considerar que seja inviável viajar no coletivo, por horário ou local não abrangido. Pode-se ser mais sustentável usando a capacidade do veículo, transportando mais pessoas e dividindo custos entre elas. Isso pode ser viável para colegas de trabalho.

Ou ainda, poderia ser espalhada a ideia de algumas empresas de possuir meios próprios para levar seus funcionários para casa e buscá-los para o trabalho, se o porte da cidade permitir. Combina-se horário e locais para a tomada de ônibus da firma.

Essas e outras ideias diminuem o consumo de combustíveis e nos deixam menos dependentes de seu preço. O ideal é reduzir e o melhor é aproveitar situações para eliminar. Faz bem para nosso bolso. Faz bem para o planeta.


👉 E ainda mais para você: As cinco forças de Porter



GOSTOU DESTA POSTAGEM ? USANDO A BARRA DE BOTÕES, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS 😉!

Nenhum comentário:

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELA BARRA LATERAL - OU INFERIOR NO MOBILE) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

Tecnologia do Blogger.