O que fez Faustão?

watch_later 12 de maio de 2015
comment Comentar
Biografias


Um dos apresentadores dominicais que há mais tempo está acompanhando os brasileiros nas tardes e noites de domingo é Fausto Correa da Silva, também conhecido como Faustão. Irreverente, extremamente comunicativo e um tanto conhecido por interromper seus entrevistados, o que segundo ele faz parte da dinâmica de tempo de um programa de televisão... o apresentador do Domingão já possui uma longa trajetória seja na rádio como na TV, mas a sua primeira função na sociedade, lembrada por ele durante algumas de suas entrevistas, foi a de coroinha de igreja.

Fausto Silva
[Imagem: Memória Globo]


Faustão nasceu em 2 de maio de 1950, sendo filho do economista Amauri Correia Silva e da professora de idiomas Cordélia Moraes Correa Silva. Morou em diversas cidades do interior de São Paulo e, quando coroinha, chegou a avaliar a hipótese de ser padre, porém mudou de ideia. Quando morou em Campinas, chegou a ser colega de classe de Regina Duarte e ter a primeira experiência como locutor, transmitindo celebrações de sexta-feira santa, bailes de debutantes e outros eventos da sociedade. Já terminado o colégio, cursou quatro anos da faculdade de Direito da PUC-SP, mas abandonou o curso.

Mais tarde, passou por diferentes emissoras de rádio como as rádios Excelsior, Rádio Brasil e Rádio Globo. Tomou choque com microfones, levou melancia nas costas e muito mais na jornada, porém tomou gosto pelas atividades ao vivo. Na TV Record, em 1969, passou a trabalhar com repórter de telejornal e apresentador de um jornal da rádio Record, passando a cobrir não só o esporte, mas ampliar sua gama de assuntos à política e ao dia-a-dia da cidade de São Paulo.

Retornando ao noticiário esportivo, em 1971 até 1978, Fausto Silva cobriu diferentes eventos esportivos como Copa do Mundo de Futebol e Libertadores da América. Faustão, neste meio tempo e até 1984, teve uma passagem pelo jornal O Estado de S. Paulo. A primeira passagem de Faustão na TV Globo aconteceu em 1982, quando ele apresentou o noticiário esportivo no Bom Dia Brasil, o que, segundo ele em depoimento ao Memória Globo, foi um grande salto para marcar sua identidade na televisão, trazendo uma linguagem mais dinâmica e aproximando o telespectador.

Mais tarde, em março de 1983, Fausto Silva apresentou, em conjunto com humoristas o programa Balancê, que passou a ser apresentado ao vivo com plateia de 100 pessoas, pela Rádio Excelsior. Esse foi um grande passo para o seu primeiro programa de entretenimento na tevê, que foi o tão comentado por ele, até hoje, o Perdidos da Noite.

O Perdidos da Noite começou como um quadro na TV Gazeta de um outro programa, virando programa de televisão na TV Record e mais tarde, na TV Bandeirantes. O programa se destacava por haver poucos recursos técnicos e muita improvisação, onde Fausto Silva se destacou como apresentador ainda mais, por sua fala ágil e suas piadas com tudo no programa e com ele mesmo. Parte destas piadas ainda persistem quando o servidor da TV Globo não funciona ou demora...

Em 1989, Faustão reestreia na TV Globo como apresentador, no Camarote do Faustão, durante o carnaval daquele ano e, em março, no Domingão do Faustão. A meta era trazer um programa ágil e que relacionasse todas as áreas da emissora, transmitido ao vivo para todo o país, e que combatesse o sucesso do Programa Sílvio Santos, objetivo que foi alcançado. Diferentes concorrentes surgiram ao longo do tempo, chegando a ameaçar a liderança do Domingão em alguns momentos, mas isso não se fez uma condição absoluta, até hoje.

Em 1991, Faustão participou de um filme, a comédia o Inspetor Faustão e o Mallandro. Inspetor Faustão tinha de investigar e achar quem roubou um casal de codornas, crime cometido por contrabandistas de animais em extinção. Na época, Faustão não chegou a contracenar com Sérgio Mallandro, sendo feita a edição para quando eles teriam de contracenar. Também, segundo Mallandro, Fausto Silva prometeu presenteá-lo com um relógio, tendo ganho o presente após pedi-lo em rede nacional durante o quadro ‘Saco de risadas’ do Domingão do Faustão.

Em 18 de maio de 2008, o Domingão completou sua milésima edição, recebendo várias atrações e depoimentos de diversos artistas, como Hebe Camargo, Tony Ramos e Glória Menezes. Já em 2009, Faustão ficou um tanto mais esbelto, por conta de um procedimento cirúrgico (reposicionamento de parte do intestino) que fez e que resultou em uma perda de trinta quilos, na época. Era um procedimento experimental, que não veio a ser regulamentado mais tarde. Não se sabe se um fato é relacionado ao outro, mas o logo do programa parece seguir o formato do apresentador – no ano seguinte à cirurgia, de arredondado passou a esbelto.

Com contrato renovado com a TV Globo até 2017, Fausto Silva segue como um dos maiores nomes no entretenimento da tevê brasileira, e com um programa que se renova a cada ano que passa, pois se sabe que o público está cada vez mais exigente. Segundo quem conhece o apresentador, a mesma postura de exigência existe por parte dele, em busca de um programa afinado com o público. E.. quem sabe faz ao vivo!

E ainda mais para você: O que fizeram Bia e Branca Feres?





GOSTOU DESTA POSTAGEM? USANDO A BARRA DE BOTÕES, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS!
  • chevron_left
  • chevron_right

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELOS ÍCONES CIRCULARES) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

sentiment_satisfied Emojis do Google (texto para inserir)