Fazendo a sua parte: composteira em casa!


Ciência & Saúde


Quando paramos para avaliar a geração de resíduos sólidos urbanos, os números costumam ser impressionantes. Mas o que mais impressiona mesmo é o fato de que muito do que vai para os aterros sanitários não deveria estar lá, seja por possuir outros usos possíveis e mais nobres, seja por desperdício e negligência do usuário em classificar o que gera em sua casa.

https://www.oblogdomestre.com.br/2018/06/Compostagem.Saude.html
[Composteira. Imagem: FazFácil]



Uma parte dos resíduos orgânicos poderia ser aproveitada em deliciosas receitas. Muito do que se considera como resíduo, como a casca, pode ser igual ou até mesmo mais nutritivo do que a polpa. Claro que a preparação depende de receitas adequadas. Cascas de abacaxi, por exemplo, podem ser usadas junto com a polpa para preparar sucos.

Cascas de laranja podem ser secas (protegidas por tela) e consumidas como chips. Após algum tempinho de secagem, fica bem crocante e com um sabor levemente picante.

Para outros resíduos orgânicos (exceto carnes e ossos - que atraem moscas, cascas de frutas cítricas sem serem secas previamente, fezes de animais domésticos e papel higiênico usado), pode-se fazer a compostagem por ação de minhocas. Ela pode ser feita em casa, é relativamente limpa, reduz o volume dos resíduos e ajuda tanto para reduzir as remessas de resíduos para os aterros como para melhorar as hortas e jardins das residências.

Para começar, são necessárias três caixas encaixáveis. Estas caixas devem ter as seguintes dimensões: 30 x 40 cm de base e 15 cm de altura (para até duas pessoas) ou 45 x 60 cm de base e 30 cm de altura (até cinco pessoas). Duas delas serão furadas no fundo com furos de 5 mm de diâmetro.

Em uma das caixas furadas, deve-se colocar um volume de meio litro de minhocas, restos de alimentos e material seco (duas partes de material seco – serragem, terra, etc. e uma se restos). No início, esta caixa irá ficar no meio, a outra furada e vazia em cima e a que ficou inteira embaixo das demais.

A caixa fechada, embaixo, irá receber o chorume, que servirá para nutrir os vegetais da horta ou do jardim. Quando a caixa do meio encher, deve ser trocada com a de cima. O operador da composteira sempre irá encher a caixa vazia e, quando fizer isso, mexer tudo para aerar o composto. Caso esteja um tanto seco, é bom acrescer um pouco de água.

O sinal de que acabou a compostagem, após cerca de cinquenta dias, é que todo o material (o composto) está uniforme e com coloração escura. Não é possível mais ver sinais que caracterizem algum resíduo específico. Então é só retirá-lo e juntar ao solo para plantar e produzir novos alimentos ou fortalecer o jardim.





GOSTOU DESTA POSTAGEM ? USANDO A BARRA DE BOTÕES, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS 😉!

Nenhum comentário:

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELA BARRA LATERAL - OU INFERIOR NO MOBILE) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

Tecnologia do Blogger.