Indiferença đŸŽ”đŸŽ¶


O
BLOG DO MESTRE

Iguais, mas diferentes…

Nesta sĂ©rie de posts, vocĂȘ acompanha sucessos da mĂșsica nacional que possuem exatamente o mesmo nome, mas que sĂŁo interpretadas em ritmos diferentes, por grupos musicais ou cantores distintos, com letras que nĂŁo se assemelham... aliĂĄs, de iguais, sĂł os nomes. Aqui vocĂȘ acompanha tambĂ©m versĂ”es nacionais e sucessos estrangeiros, onde nĂŁo hĂĄ tradução direta.


 đŸŽ” Indiferença, por Roberto e Meirinho



[VĂ­deo: gersongeo]

AmanhĂŁ serĂĄ um novo dia
Nova vida vou viver
Vou esquecer que um dia
Eu te amei

Olha, eu jĂĄ chorei tanto
Que nĂŁo vejo mais razĂŁo
Pra deixar sofrer assim
Meu pobre coração

Todo o amor que eu lhe dei um dia, vocĂȘ nĂŁo ligou
NĂŁo sei por quĂȘ?
Sorria e até fingia não compreender que
Tudo aquilo era por vocĂȘ

Meus olhos vivam chorando, sempre procurando
Em seu olhar
Essa sua indiferença só me fez sofrer e outro alguém
Eu vou procurar.

đŸŽ”đŸŽ” Indiferença, por JosĂ© Augusto



[VĂ­deo: tvjoseaugusto]


A gente jĂĄ nĂŁo fala mais de amor
A gente jĂĄ nĂŁo liga mais pra nada
VocĂȘ nĂŁo sabe mais da minha noite
Se chego cedo ou de madrugada

VocĂȘ jĂĄ nĂŁo Ă© a mesma que era antes
Seu corpo jĂĄ nĂŁo quer saber do meu
VocĂȘ nĂŁo sabe mais dos meus problemas
E nĂŁo me deixa resolver os seus

NĂŁo deixe tudo terminar assim
Eu sei que ainda existe amor
NĂŁo vale a pena, tente entender
A vida nĂŁo tem graça sem vocĂȘ

Eu lembro quando nĂłs nos conhecemos
Havia mais desejo em nosso olhar
Aquele nosso beijo apaixonado
Uma vontade louca de se amar

Hoje tudo isso estĂĄ morrendo
O que era lindo jĂĄ nĂŁo tem valor
VocĂȘ com essa sua indiferença
EstĂĄ matando aos poucos nosso amor.

đŸŽ”đŸŽ”đŸŽ” Indiferença, por ZezĂ© Di Camargo & Luciano



[VĂ­deo: ZezeeLucianoVEVO]

Fala pra mim, diz a verdade
O que mudou assim tĂŁo de repente
Quero saber de onde vem
Esse medo que machuca a gente

TĂĄ tudo errado, fogo cruzado
E a gente nĂŁo consegue se entender

Porque nĂŁo me telefona
DĂȘ notĂ­cias de vocĂȘ

Liga ao menos pra dizer
Que o melhor Ă© te esquecer

É a sua indiferença que me mata
É uma invasão, um nó dentro de mim
Coração divide em dois na sua falta
Uma parte é o começo a outra o fim

É a sua indiferença que me mata
Que me mata, que me mata
Coração divide em dois na sua falta
Na sua falta, na sua falta.


đŸŽ” E ainda mais para vocĂȘ: Diana, por Lairton



GOSTOU DESTA POSTAGEM ? USANDO A BARRA DE BOTÕES, COMPARTILHE 😉 COM SEUS AMIGOS!

Postar um comentĂĄrio

0 ComentĂĄrios