O trabalho do Assistente Social

Cultura e comportamento


Dentre as profissões que têm foco no conhecimento do ser humano, uma das que mais exigem engajamento, envolvimento, sintonia do profissional com a profissão, é a de Assistente Social. Este importante profissional busca trazer o indivíduo ao coletivo, o pessoal ao todo, de maneira digna, com bem-estar e motivação no ambiente familiar e no trabalho. 

Socializando
[Imagem: Blog do Assistente Social]


Além de ter uma vocação grande na área de humanas, um assistente social precisa ser formado profissionalmente por um curso de graduação, que é o de Serviço Social, que contempla matérias como Sociologia, Psicologia, Políticas Sociais, entre outras. Após, precisa ser incluso em seu respectivo conselho de classe (CRESS / CFESS) para seu exercício profissional.

A área de trabalho do Assistente Social pode variar de acordo com a natureza de seu empregador: público ou privado, ou mesmo em organizações não governamentais (ONG’s). Geralmente no setor público o assistente social irá ter o seu maior campo de trabalho. Este trabalho pode se desenvolver com entrevistas, análises sociais, relatórios, visitas domiciliares e outros. Com isso, o Assistente Social irá buscar atender às demandas sociais de cada indivíduo, garantindo os direitos estabelecidos pela Constituição Federal de 1988.

Esta demanda pode ser a definição de guarda de um menor, condição social adequada à adoção de uma criança, vulnerabilidade social para atendimento em um dado programa de assistência, entre muitas outras. Ou também pode caminhar por outro rumo, no desenvolvimento de políticas públicas que garantam o atendimento às demandas sociais do indivíduo, com as quais o profissional muito tem contato.

No setor privado, a presença do Assistente Social pode se dar por meio da orientação e acompanhamento de funcionários em grandes empreendimentos. Como exemplo, podemos destacar uma obra de uma ponte, por exemplo, onde os funcionários precisem permanecer longos períodos no canteiro, longe de suas famílias e em contato com totais estranhos. Neste caso, um Assistente Social irá dar um aporte maior a quem não se sentir bem neste contexto, além de, é claro, haver abertura para visitas familiares.

E ainda mais para você: Machismo e Feminismo




GOSTOU DESTA POSTAGEM? USANDO A BARRA DE BOTÕES, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS!

Nenhum comentário:

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELA BARRA LATERAL - OU INFERIOR NO MOBILE) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

Tecnologia do Blogger.