O que fez Auguste Perret?

Biografias


Auguste Perret foi um dos primeiros arquitetos a utilizar o concreto armado como forma de expressão artística, aspecto marcante inclusive no local que foi seu apartamento, em Paris. Sua história de vida começou no ano de 1874, tendo nascido na Bélgica, cidade de Ixelles. Como outros grandes nomes na arte e arquitetura mundial, estudou na Escola de Belas-Artes, em Paris.

Um dos seus primeiros projetos foi na rua Franklin, Paris, no ano de 1903. Destacou-se por usar estrutura de pórtico em concreto armado em forma de U e pelo revestimento exterior com azulejos. 

Imagem: ONAM/SIAF
[Auguste Perret]


De 1922 a 1923, ele participou do projeto da primeira igreja com estrutura de concreto armado aparente, a igreja de Notre-Dame du Raincy. As paredes são feitas com elementos pré-fabricados, na forma de grelhas, com espaços translúcidos onde advém a luz para o interior. Nesta construção ficaram evidentes as suas referências em Viollet-le-Duc e Anatole de Baudot. Seu estilo arquitetônico também é marcado pelo classicismo, em sua forma e clareza, ao contrário do ecletismo, sendo esta uma influência clara de sua formação na Academia de Belas-Artes.

A simetria e simplificação formal são características da composição clássica, que se baseia em elementos lineares que se agrupam em ordens arquitetônicas e por fim, relacionam as diferentes partes do edifício. Ao invés de pensar os elementos de concreto como suporte para a ornamentação, estes elementos é que passaram por concepções artísticas diferentes. Também foi marcante na utilização de grandes painéis de fechamento com vidro. Estas características ficaram bem marcadas no famoso edifício de Perret.

Após diversos trabalhos, como o Thêatre des Champs-Elysées (Paris), Palácios das Nações (Genebra) e dos Sovietes (Moscou), os últimos anos de seu trabalho foram dedicados à reconstrução da cidade de Havre, bastante destruída por conta da Segunda Guerra Mundial. O plano de reconstrução da cidade foi em um modelo em grelha. Além disso, os edifícios deveriam ser construídos em pré-fabricados, sendo que o novo conjunto arquitetônico da cidade foi muito criticado por conta da monotonia existente. Dentro desta cidade, sua última concepção foi a Igreja de São Joseph, na praça central. Auguste Perret veio a falecer em 25 de fevereiro de 1954, na cidade de Paris.

E ainda mais para você: O que fez Adolf Loos?





GOSTOU DESTA POSTAGEM? USANDO A BARRA DE BOTÕES, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS!

Nenhum comentário:

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELOS ÍCONES CIRCULARES) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

Tecnologia do Blogger.