O que ter em sua caixa de primeiros socorros?

watch_later 10 de agosto de 2014
comment Comentar
Utilidades

#FicaADica

A automedicação não é recomendada para a maioria das doenças. Apenas em casos singelos de dores de cabeça, ferimentos, má digestão e coisas do gênero é que se pode efetuar alguma medicação. Em caso de sintomas conjuntos como dores, febre, entre outros, o que parece ser uma gripe pode ser um resfriado ou até mesmo dengue, então não é muito bom se automedicar.

Para compor a sua caixa/maleta/estojo/nécessaire de primeiros socorros, veja abaixo alguns itens importantes em sua composição:

Primeiros Socorros
[Imagem: O Militante]



1) Termômetro: prefira o modelo digital, pois os que contém mercúrio estão sujeitos à  quebra;

2) Analgésico: os remédios devem ser preferencialmente em comprimidos, a fim de evitar a rejeição por parte das crianças;

3) Gel para queimaduras: nunca se está livre de ocorrerem queimaduras, seja em casa como ao ir para a praia;

4) Esfigmomanômetro: há modelos digitais para medir pressão arterial, seja pelo meio convencional (aperto de pulso), seja com uma espécie de 'prendedor' de dedo;

5) Curativos, fitas e gaze: seja para pequenos ferimentos como para maiores, são indispensáveis. No caso dos menores, a remoção e troca deve ser feita com muito cuidado, pois estes ficam muito próximos do ferimento;

6) Líquido para desinfecção: os melhores são aqueles que ardem apenas se o machucado estiver muito esfolado, dolorido, à base de digluconato de clorexidina;

7) Pinças e pomadas de penicilina: em viagens na zona rural, é muito fácil pegar felpas-de-madeira, que, se não forem completamente removidas, geram muito transtorno, inchando e ficando dolorido o local onde ficaram espetadas. O mesmo vale para espinhos. Pomadas de penicilina devem ser aplicadas em seguida;

8) Protetor solar: sempre há Sol, mesmo nos dias nublados - as nuvens não são capazes de conter os efeitos da radiação solar;

9) Antiácido efervescente: seja na forma de pastilhas como em pó, possui um efeito muito bom, mas não deve ser solução prolongada em casos de má digestão;

10) Repelente de insetos: na versão em creme ou aerossol, diminuem muito este incômodo. Para crianças, se deve atentar ao tipo (há formulações especiais para criança) e a idade mínima para uso.

Você também pode gostar de: (#FicaADica) Como distribuir bem os cômodos da sua casa?




Þ Gostou desta postagem? Usando estes botões, compartilhe com seus amigos!
  • chevron_left
  • chevron_right

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELOS ÍCONES CIRCULARES) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

sentiment_satisfied Emojis do Google (texto para inserir)