Será que ser ansioso é tão ruim assim?

Cultura 

ANSIEDADE

 

Muitas pessoas já disseram que o seu maior defeito é ser ansioso, em várias ocasiões. Afinal, ansiedade sempre está associada a um toque de nervosismo e mais uma pitada de impaciência. Como tudo na vida, ansiedade pode ser algo bom ou não, dependendo da dosagem e das circunstâncias. E também pode ser classificada de várias formas. Aí vão algumas delas:

Por antecipação: o indivíduo fica ansioso para fazer algo em que tem certeza em que se dará mal, sentindo alívio após concluir. Um exemplo é o aluno que estudou pouco e sabe antecipadamente que vai mal em uma prova. Fica mal por saber que irá mal, mas, por ser ansioso demais, não consegue agregar pontos naquilo que poderia. Outro caso é do sujeito ou da sujeita que declaram seu amor mesmo sabendo que não serão correspondidos. Sofrem antes e depois sentem a sensação de ciclo cumprido, com o coração livre pata novos amores.

Por se sentir pressionado: diante de uma grande prova ou oportunidade de emprego, o indivíduo tem a obrigação de apresentar o seu melhor. Por conta disso, algumas pessoas aabam ficando mais focadas no objetivo em si do que naquilo que previsam fazer para consegui-lo. Isto gera a famosa gagueira ou os lapsos de memória, que impedem que se dê o máximo de si e se mostre o melhor. Para isso que servem as máximas 'cada coisa a seu tempo' e 'uma coisa de cada vez.'

Por 'apaixonamento': diante de uma série de aproximações, conversas, contato, etc. a pessoa começa a gerar expectativas em relação à outra. As pessoas se esqueceram que elas não funcionam como bugigangas tecnológicas, com resultados instantâneos. A ansiedade por se sentir pressionado também surge, fazendo com que o apaixonado só fale bobagens.

Por falar em público ou em particular: algumas pessoas ficam bastante ansiosas por ter de falar em público. Porém, a cura não é a reclusão, pois somos seres sociais por natureza. O contrário também ocorre, ou seja, há pessoas que se sentem ansiosas por ter de falar com uma pessoa em particular, não precisando estar necessariamente apaixonado(a). Às vezes, pode ser necessário dar um recado, contar uma notícia difícil, etc. e isso gerar ansiedade. Em casos mais extremos, o fato de ter de conversar pode ser um problema.

Por algo muito esperado: este é aquele tipo bom de ansiedade... que bom saber que daqui a pouco está chegando aquela pessoa... ou saber que é questão de tempo para ir morar na casa própria... Coisas boas também geram expectativas e, junto, uma dose de ansiedade. Este é o caso bom de ansiedade.

Ser ansioso é normal, faz parte do ser humano. O importante é que, em todos os casos, este sentimento não fuja do controle a ponto de que o indivíduo se isole do convívio social, perdda a concentração em ocasiões importantes, deixe de dar o seu melhor.
 


 
 

 

Þ Gostou desta postagem? Usando estes botões, compartilhe com seus amigos!

Nenhum comentário:

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELA BARRA LATERAL - OU INFERIOR NO MOBILE) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

Tecnologia do Blogger.