Isso é que é viver na estrada

Notícias

Em grande parte das obras públicas, independentemente de país, a desapropriação de terrenos e pagamento das indenizações é uma tarefa complicada. As famílias desalojadas costumam receber valores inferiores ao que deveriam (neste momento, estamos falando de valor justo, não de valor legal) e ficam sem alternativa. Também existe a questão do bem comum prevalecer sobre o interesse particular.
Na China, assemelhando-se à solução encontrada pela construtora que erigia uma rodovia bem no mesmo lugar em que ficava a casa do Pica-pau, a casa de um casal chinês ficou no meio da autoestrada, pois não houve acordo quanto à indenização, que foi julgada insuficiente. A alternativa encontrada para o impasse gera polêmica, entre o respeito à liberdade dos chineses e a insegurança a que estes estão submetidos, pois estes passaram realmente a viver na estrada. Veja algumas fotos: 

[Foto: China Daily Reuters. In: G1]

[Foto: China Daily Reuters. In: G1]

[Morador observa nova vista de sua janela. Foto: China Daily Reuters. In: G1] 

Veja também: (Variedades) Com receita é outra coisa.

Nenhum comentário:

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELA BARRA LATERAL - OU INFERIOR NO MOBILE) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

Tecnologia do Blogger.