A História de Nossa Senhora Aparecida

watch_later 11 de outubro de 2012
comment Comentar

Padroeira do Brasil, a data máxima em que a Santa Católica é venerada se dá no dia 12 de outubro, juntamente com as comemorações do dia da Criança. O Santuário se localiza na cidade paulistana de Aparecida, em local próximo de onde fora encontrada sua imagem, sendo um dos maiores do mundo.
 
[Diocese de Joinville-SC]

Na segunda quinzena de meados de Outubro de 1717, no rio Paraíba do Sul, nas proximidades de Guaratinguetá, durante a passagem do Conde de Assumar, D. Pedro de Almeida e Portugal, Governador da Província de São Paulo e Minas Gerais, os pescadores Filipe Pedroso, João Alves e Domingos Garcia foram convocados pela Câmara Municipal a fornecer peixes para um jantar a ser oferecido pelo Conde, mesmo em época desfavorável à Pescaria. Com dificuldades, após horas sem conseguir nenhum peixinho sequer, João puxou o que seria a escultura de uma cabeça. Jogando novamente a rede, conseguiu unir ao restante da imagem, e, desde este momento, a pescaria foi tão produtiva que foi necessário ir para casa com suas canoas lotadas. Sobraram peixes. Levaram a Santa, que possuía cor de terracota (há hipóteses que afirmam que a imagem perdeu sua cor após ficar muito tempo submersa, pois as imagens de santos costumavam ser coloridas), 40cm de altura, ficando com cor acanelada pela ação das velas; sorriso nos lábios, broche com três pérolas, entre outras características.
A imagem representava Nossa Senhora da Conceição, que ganhou mais um nome, Aparecida, devido à forma como fora encontrada. Na localidade onde Filipe, João e Domingos residiam, se instalou o primeiro santuário. Várias pessoas fizeram seus pedidos e suas graças foram alcançadas, crescendo ainda mais o número de devotos. Já no ano de 1734, por ação do Vigário de Guaratinguetá, foi erigida uma capela no alto do Morro dos Coqueiros, que logo ficou pequena, também. Já no ano de 1928, por determinação do Papa Pio XI, Nossa Senhora Aparecida foi proclamada Padroeira do Brasil.

[© gianemelo - Panoramio]

A consagração de Nossa Senhora da Conceição Aparecida ocorreu em 1931, no dia 31 de maio, na presença de 1 milhão de pessoas. No ano de 1955, iniciou o projeto da atual basílica, onde uma das partes, chamada Basílica Menor, foi consagrada pelo então papa João Paulo II. Em 1984, a basílica foi declarada pela CNBB Santuário Nacional. A estrutura em forma de cruz possui capacidade para abrigar quarenta e cinco mil pessoas, que vêm visitar o santuário em excursões que ocorrem durante todos os anos. Pela TV Aparecida, as missas dominicais realizadas na basílica são transmitidas na manhã de domingo.
A fama que Nossa Senhora Aparecida se deve aos muitos milagres que já foram citados, a começar pela própria pescaria, que passou a ser produtiva após sua descoberta. Durante orações à Santa, que foi levada por Athanásio, filho de Filipe (pescador que ficou com a imagem por cinco anos), na casa do qual os vizinhos se reuniam para rezar o terço. Certa ocasião, duas velas acesas se apagaram, sem motivo aparente. Uma das pessoas que rezava o terço decidiu reacender as velas, o que acabou não fazendo, pois estas se reacenderam ‘sozinhas’. Este seria mais um dos muitos milagres que Nossa Senhora fizera. Nestes próximos anos, se espera que Nossa Senhora Aparecida siga olhando pelo nosso país, que continua carecendo de muitos milagres, mas que segue firme em sua fé, fazendo suas orações em pedido e agradecimento. □ 

  • chevron_left
  • chevron_right

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELOS ÍCONES CIRCULARES) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

sentiment_satisfied Emojis do Google (texto para inserir)