O que os enlatados realmente têm a ver com o botulismo?



       Retomando o assunto que publicamos no post ‘Saiba o que é Botulismo Alimentar’, vamos abordar especificamente o caso dos enlatados. Não se pode demonizar os alimentos que são conservados em latas, deixando de consumi-los. Também não pode ser eliminado totalmente o cuidado na hora de comprar um enlatado.
Vários artigos publicados em sites ou blogs, entre eles o artigo ‘Botulismo não está relacionado à comida enlatada’, baseado em entrevista com a Engenheira de Alimentos e gerente executiva da ABEAÇO (Associação Brasileira de Embalagem de Aço), Thays Fagury, buscam demonstrar os métodos de segurança alimentar no envase das conservas em lata. Dentre todas as informações disponíveis, merece destaque a elevação de temperatura realizada ao embalar as conservas com o intuito de matar todos os microrganismos nocivos presentes nos alimentos, entre eles os esporos em que se encontram os bacilos do Clostridium Botulinum, bactéria anaeróbia, ou seja, que vive em ambientes com ausência de oxigênio. Também há o controle do pH das latas, pois estes bacilos não se desenvolvem bem em meio bastante ácido.
Considerando todas as medidas de segurança, por que os enlatados sempre foram considerados vilões na transmissão do botulismo? Conforme dissemos no post sobre Botulismo e retomamos acima, uma lata seria um ambiente propício à sobrevivência do Clostridium, pela ausência de oxigênio, sendo listados os alimentos enlatados nas listas de meios de transmissão. Veja o seguinte texto do Portal da Saúde do Sistema Único de Saúde, usado como parâmetro pelo Blog do Mestre: 

Botulismo alimentar - Ocorre por ingestão de toxinas presentes em alimentos previamente contaminados e que foram produzidos ou conservados de maneira inadequada. Os alimentos mais comumente envolvidos são: conservas vegetais, principalmente as artesanais (palmito, picles, pequi); produtos cárneos cozidos, curados e defumados de forma artesanal (salsicha, presunto, carne frita conservada em gordura – “carne de lata”); pescados defumados, salgados e fermentados; queijos e pasta de queijos e, raramente, em alimentos enlatados industrializados.
[http://portal.saude.gov.br/portal/saude/profissional/visualizar_texto.cfm?idtxt=31650. Acesso em 1º de setembro de 2012]

Assim, quando desejamos comprar um alimento enlatado, devemos cuidar se a lata estiver amassada, estufada ou enferrujada. Se a lata estiver em perfeitas condições, os alimentos em conserva e enlatados são seguros para consumo, ou seja, não é preciso deixar de consumir estes alimentos observadas estas condições.
Para mais informações sobre o Botulismo, acesse o Portal da Saúde do SUS. Se desejar saber mais sobre as latas usadas em conservas e nos demais alimentos, acesse www.abeaço.org.br ou siga os perfis da ABEAÇO nas redes sociais. □ 

2 comentários:

GiuocoPiano disse...

As latinhas de alimentos amassadas não apresentam problema algum à saúde. Isto porque hoje os fabricantes usam dentro delas um tipo de verniz elástico, que quando amassam não causam danos aos alimentos.

Muito antigamente essas embalagens eram envernizadas de outra forma, e ao amassar, havia a possibilidade de destacamento do verniz, contaminando o alimento por migração de metais da lata para ele ou por contaminação microbiológica, causada por micro furos na embalagem.

O Mestre Blogueiro disse...

Obrigado @GiuocoPiano por sua contribuição. O importante deste post é perceber que há segurança em consumir um produto em lata, mas não é completamente descartada, por parte da equipe do Portal do SUS, a possibilidade de problemas com os enlatados. Apenas é muito rara.
Um segundo fato importante é o de que latas amassadas, perda de vácuo e outras questões relacionadas à embalagem merecem alguma atenção quando se fala em conservação de alimentos. Por mais que a tecnologia tenha avançado, causa desconforto comprar algo em mau estado de conservação.

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELA BARRA LATERAL - OU INFERIOR NO MOBILE) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

Tecnologia do Blogger.