Algumas funções de Calculadoras Científicas (II)


Prosseguindo com as principais funções de calculadoras científicas como a Casio FX 82MS, Sharp EL531XBWH ou HP 10s, vamos ver como escrever em notação científica, como alternar entre funções, como usar funções hiperbólicas, como denotar a preferência das expressões e usar a função Ans.
Assim como os computadores, há duas ou até três funções para cada tecla disponível. Assim, fez-se necessária a disponibilização de teclas de alternância. São elas: SHIFT/2ndF (conhecidas como Segunda Função) e ALPHA. As calculadoras científicas, ao contrário dos PC’s, possuem destaques em cores para demonstrar em quais casos usar uma ou outra tecla. Veja:
 

Desta forma, a impressão visual ajuda ao uso instantâneo das segundas funções.
Para escrever números em Notação Científica, temos de usar um valor de 1 a 9,99 multiplicados por uma potência de dez. Digitamos simplesmente o valor numérico que acompanha esta potência e a tecla multiplicar. Em seguida, há três maneiras de incluir a potência de dez subsequente. Primeira: em algumas calculadoras, há a segunda função 10x que é usada para incluir a base 10. Após clica-la, basta digitar o expoente necessário (se for negativo, use a tecla (-) que indica o sinal numérico e não de operação).  Segunda: digite a tecla EXP. Aparecerá a letra E no visor de sua calculadora, o que equivale à base 10. Terceira: digite o número dez e, logo após, clique o botão yx que é usado para digitar qualquer expoente já presente a base. O símbolo que aparece no visor da calculadora é ^ e depois, é só digitar o expoente da potência de dez da notação científica.
Note que quando há muitos algarismos no visor, são usadas aspas simples ( ‘ ) para separar conjuntos de três números e o ponto final ( . ) como se fosse a vírgula. Isto acontece por que, como boa parte dos equipamentos eletrônicos de que dispomos possuem funções ou instruções em língua inglesa. Com as calculadoras não é diferente.
As funções seno hiperbólico e cosseno hiperbólico (uma é derivada da outra) podem ser obtidas simplesmente teclando o botão hyp, que é mais uma tecla de segunda função, que só terá valor se digitamos as teclas correspondentes a seno (sin), cosseno (cos) e tangente (tan).
Uma das funções de grande utilidade nas calculadoras científicas iguais ou equivalentes às que mostramos é a memorização do último valor digitado, na chamada memória Ans. Este valor é mantido até um novo cálculo ou etapa, mesmo que a calculadora seja desligada. Para ter acesso a este valor, basta digitar a tecla Ans ou seguir com os cálculos. Observe que a cada nova expressão calculada em que se usa o valor anterior, a expressão é substituída por Ans, que indica o valor obtido até então.
Em expressões numéricas, como (((10 + 5) x 22) x (13 – 8)) / (5 x 4), pode haver alteração nos resultados se não for dada a devida atenção aos parênteses e às ordens matemáticas de preferência. Para isso, há duas formas de realizar esta conta: usando a memória Ans ou usando as teclas de parênteses [ ( ] e [ ) ]. Veja as sequências:

1 – 10 + 5 = / Ans x 2 ^ 2 = / Ans x (13 – 8) = /  Ans : (5 x 4) = / 15;
2 – (((10 + 5) x 2 ^ 2) x (13 – 8)) : (5 x 4) = / 15.

Não esquecendo esta ordem, qualquer uma das formas é útil. Entretanto, observe que o uso da memória Ans é mais intuitivo e promove maior rapidez nos cálculos, para quem não deseja montar antes todas as preferências.
Em breve, mais dicas para você usuário de Calculadoras Científicas. □  

6 comentários:

Marcio disse...

Como calcular seno ou cosseno hiperbólico de um número complexo?

O Mestre Blogueiro disse...

Infelizmente, não saberia como te informar a respeito desta função, Marcio. Acredito que seja necessário buscar saber, a princípio, se o domínio destas funções abrange os números complexos.

Paula disse...

Muito obrigada!

O Mestre Blogueiro disse...

De nada, Paula! Volte sempre.

Ju S2 Beto disse...

Como configurar para que a resposta de um cálculo muito grande não seja dada em potência?

O Mestre Blogueiro disse...

@Ju S2 Beto, caso tenhas cálculos dentro das casas decimais do visor, para valores grandes ou pequenos, eles serão apresentados integralmente. Há configurações que permitem colocar tudo em potência, mas não evitar a notação científica em valores grandes. Isso é importante porque o detalhamento total pode (e muitas vezes é) desnecessário, e sim conhecer a ordem de grandeza.

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELA BARRA LATERAL - OU INFERIOR NO MOBILE) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

Tecnologia do Blogger.