Uso de plantas medicinais

watch_later 2 de março de 2012
comment Comentar
         
Saúde
[Imagem: Bolsa de mulher]

      
        Antes do advento da indústria de medicamentos, a população que não tinha acesso às farmácias e usava outras opções de remédios para curar suas enfermidades. Benzeduras, garapas, chás de ervas e cipós, emplastros, etc. eram técnicas usadas para a cura. Segundo pesquisa realizada pelo Projeto ‘Cultivando Água Boa’ da Itaipu Binacional em parceria com outros órgãos, ‘apesar de a maioria das pessoas conhecer e utilizar plantas medicinais (82%), uma parte considerável (16%) as usava de maneira incorreta e ainda desconsiderava a ocorrência de efeitos colaterais. Outro problema identificado é que os profissionais de saúde não estavam capacitados para trabalhar com fitoterápicos e, para atuar nessa área, é necessário gostar do tema e estar convencido da eficiência dessas plantas.’

Os medicamentos halopáticos, fortemente aceitos pela comunidade médica, são mais baratos. Todavia, não se descarta a possibilidade de eficácia dos fitoterápicos. Os dilemas acima apresentados é que prejudicam a expansão deste tipo de medicamento no Brasil, pois as plantas medicinais necessitam de espaço nas pesquisas médicas. Como qualquer medicamento, deve-se atentar à quesitos como dose, efeitos colaterais, alergias, combinações, etc. A sabedoria popular precisa ter a eficácia comprovada pela ciência.

As ervas e plantas medicinais precisam ser produzidas somente em cultivo orgânico, tendo como vantagem a possibilidade de plantio em APP’s (Áreas de Preservação Permanente). Em uma área de 1,5 hectare é possível plantar ervas para abastecer até dez postos de saúde, segundo dados do ‘Cultivando Água Boa’. Dessa forma, pode-se aliar preservação ambiental e geração de renda, compensando-se os prejuízos da redução de áreas cultivadas nas fazendas brasileiras. 


Veja também: (Mensagens e poesias) Cavador de Infinito.


Veja também : (Mensagens e poesias) Cavador de Infinito em:
  • chevron_left
  • chevron_right

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELOS ÍCONES CIRCULARES) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

sentiment_satisfied Emojis do Google (texto para inserir)