Como se classificam as pesquisas?



Variedades


A começar por trabalhos de conclusão de curso, passando por artigos científicos (em eventos ou periódicos), dissertações e teses, as pesquisas científicas envolverão métodos distintos e irão se atentar a resolver determinado problema.


https://www.oblogdomestre.com.br/2018/11/ClassificacoesDaPesquisa.MetodoCientifico.Variedades.html
[Imagem: brenkee/Pixabay]



Naquilo em que se vê similaridade a dados padrões, busca-se definir classificações. Isso ajuda a situar o leitor quanto ao que foi feito e que se imaginou para a pesquisa. Utilizando referências na área como Silva (2005) ou Gil (1991), pode-se citar as classificações a seguir:

QUANTO À NATUREZA


- Básica: gera conhecimentos novos para a ciência sem aplicação prática prevista. É comum em teses ou em artigos de revisão como revisões bibliométricas integrativas.

- Aplicada: envolve verdades e interesses locais ou em uma empresa/instituição. Existe um problema específico e o mesmo terá proposta uma solução ou formulado um método de chegada à solução, usando princípios de pesquisa científica.

ABORDAGEM DO PROBLEMA


- Quantitativa: quantifica e mede (com softwares, instrumentos de medida, séries históricas, etc.) e gera dados estatísticos para descrever um fenômeno. São obtidos: proporções, médias, modas, medianas, modelagens e resultados de testes de hipóteses.

- Qualitativa: quando há caráter descritivo, ou seja, busca-se descrever por meio de texto o que foi observado na ocasião do trabalho. Nesse tipo de pesquisa, acredita-se que a falta de quantificação possa ter efeito adverso, principalmente nas ciências "exatas". É importante, em um contexto qualitativo, tecer boas conexões entre as observações da pesquisa e a fundamentação teórica. Outra ideia importante a se firmar é a de que Escala Likert com números é variável qualitativa ordinal – só ela não transforma uma pesquisa em quantitativa.

EM RELAÇÃO AOS OBJETIVOS


- Exploratória: busca trazer maior familiaridade com um problema, dando vistas ao seu entendimento e construção de hipóteses. Envolve levantamento bibliográfico e entrevistas com envolvidos com o problema, assumindo os formatos de estudo de caso e pesquisa bibliográfica.

- Descritiva: busca descrever as características de uma dada população por meio da formulação de relações entre variáveis. Envolve técnicas padrão de coleta de dados como observação sistemática e questionário. O formato característico é o de levantamento.

- Explicativa: busca explicar o porquê das coisas, fatores que dão origem ou influenciam certos fenômenos. Para tanto, utiliza método experimental nas ciências naturais ou observacional nas sociais. A explicação de um fenômeno pode acontecer com visão antes de  sua concretização (pesquisa experimental) ou dando justificativas com o fato ocorrido (pesquisa expost-facto).

PROCEDIMENTOS TÉCNICOS


- Bibliográfica: parte da união de material já publicado em relatórios de pesquisa (artigos, teses, dissertações, TCC's), livros, sites, constituição nacional ou, com certas restrições, alguns materiais da web.

- Documental: envolve documentos, Leis abaixo da Constituição e outras fontes de informação que não foram produzidas por método científico, mas que tenham valor para pesquisa (um "bilete" não vale aqui).

- Experimental: tem-se um objeto de estudo ou uma população, com características afetadas por determinadas variáveis. Em condições controladas, varia-se uma ou outra dessas variáveis (ou se testa em dois grupos) e se verifica os resultados. Em geral, a teoria embasa quais variáveis medir, confirmando-se ou não no novo estudo.

- Levantamento: também envolve variáveis e coleta de dados, mas acresce o fato de se verificar o que acontece em uma amostra da população, mas nenhuma variável é fixa ou ambiente controlado.

- Estudo de caso: um ou poucos objetos são estudados de forma detalhada. Servem para conhecer bem algo ou resolver um problema específico.

- Expost-facto: o estudo se dá depois dos fatos.

- Pesquisa-ação: busca resolver um problema coletivo. Nesse caso, pesquisador e envolvidos atuam em conjunto.

- Pesquisa participante: ocorre quando pesquisadores interagem com membros das situações pesquisadas.








GOSTOU DESTA POSTAGEM ? USANDO A BARRA DE BOTÕES, COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS 😉!

Nenhum comentário:

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELA BARRA LATERAL - OU INFERIOR NO MOBILE) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

Tecnologia do Blogger.