Piscina, por Chrystian & Ralf


O
BLOG DO MESTRE

Vivendo tempos felizes e de amor profundo, a saudade pode fazer o mais belo viço da vida em flor se converter a uma folha seca ao vento...


[Vídeo: Ariel Esteves]



No quintal de casa eu fiz a piscina que ela pediu
Ali quantas tardes as águas azuis o seu corpo beijou
Ela foi embora e do último banho conservei as águas
Que aqueceu seu corpo e aquela piscina, toda perfumou

Os raios do sol faziam seu corpo refletir nas ondas
Chamando seu nome,
Louco em desespero,
Pulo dentro dela

Vou nadando a esmo
Soluçando em pranto
Abraçando as águas
Na ilusão gostosa, que naquele abraço, eu abraço ela

Piscina, que guarda segredos
Todo dia cedo, ela se banhava
Sempre namorando seu corpo de fada
Toda madrugada, o sol lhe esperava

Mesmo que eu tivesse secado a piscina, nada adiantaria
Estaria cheia com todo o meu pranto, que agora derramo
Água da piscina, você lava tudo, só não lava a mágoa
Que está no meu peito, por viver distante,
De quem tanto amo

As folhas sem vida, que o vento arrasta, beirando a piscina
Bem prova o desleixo e o triste abandono de quem vive ali
Eu também sou folha varrida com a longa vassoura do tempo
Sou seca piscina, no sol da saudade, do amor que perdi.


E ainda mais para você: Alguém pra mim, por Chrystian & Ralf



GOSTOU DESTA POSTAGEM ? USANDO A BARRA DE BOTÕES, COMPARTILHE 😉 COM SEUS AMIGOS!

Nenhum comentário:

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELA BARRA LATERAL - OU INFERIOR NO MOBILE) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

Tecnologia do Blogger.