O que fazer em caso de mordidas ou picadas de animais?

Primeiros Socorros

Picadas ou mordidas de animais podem ser bastante perigosas, por transmitirem inúmeras doenças. E o mais curioso é quais nos próprios animais é que se encontra a solução para a produção de soros e vacinas. Mesmo já existindo soluções médicas, é importante, mesmo nestes casos, realizar procedimentos de primeiros socorros. Veja abaixo quais são eles, baseados em informações do Dr. Drauzio Varella.

[Picadas de inseto podem deixar manchas escuras nos locais afetados. Imagem: hardmob]



Em caso de mordidas, lave bem o local com água e sabão e cubra-o com um pano limpo ou gaze. Em seguida, busque atendimento em um posto de saúde, a fim de que seja aplicada vacina antirrábica ou outros medicamentos. Se a mordida for de cobra, a pessoa deve ser movimentada o menos possível, e a região que foi atingida deve ser mantida mais elevada do que o restante do corpo. Nada de fazer garrotes ou torniquetes, bem como uma outra pessoa efetuar a chupagem de sangue, pois isto não ajuda em nada. O que ajuda é usar compresaas de água fria no local, oferecer remédios analgésicos, como a dipirona, para aliviar a dor; retirar objetos que possam dificultar a circulação sanguínea, como anéis e relógios. Nada a mais do que isso. Ou o socorro deve ser chamado, com, se possível, o animal identificado. Ou também, desde que, com muito pouco movimento, se deve levar a pessoa para atendimento médico urgente, pois corre-se risco de vida.
Quando uma pessoa é picada por um inseto, as consequências podem ser relativamente leves, como dor no local picado; mas, se a pessoa picada for alérgica, podem ocorrer o fechamento ou redução significativa do canal respiratório, à altura da garganta. Para o primeiro caso, compressas de água fria e/ou gelo ajudam a amenizar a dor. Já para o segundo, corre-se o risco de interrupção da respiração, entre outras complicações, necessitando urgentemente o atendimento médico. Vale lembrar que nem todo o mundo tem alergia a este tipo de picada, tanto que os índios brasileiros utilizavam a saúva, estimulando-a a picar, segregavam a cabeça do corpo da formiga, e ficava um curativo para pequenos cortes.
Entretanto, se este inseto for um escorpião, torna-se mais sério o caso. Sintomas como sonolência, queda de pressão, enjoo, vômito, suor intenso e palpitações podem ocorrer, principalmente em crianças, sendo urgente ir a uma unidade básica de saúde para tomar soro antiescorpiônico. Para aliviar a dor, analgésicos comuns como dipirona e paracetamol podem ser usados. Para picadas de aranhas, o surgimento de bolhas, escurecimento da pele, vômitos, febre, agitação e taquicardia podem ocorrer nos casos mais graves, exigindo procura imediata de uma unidade básica de saúde. Nos casos em que não ocorrem estes sintomas, se deve aplicar apenas gelo (por meio de um pano) no local.


Você também pode gostar de: (Ciência & Saúde) O que um choque elétrico pode provocar





Þ Gostou desta postagem? Usando estes botões, compartilhe com seus amigos!

Nenhum comentário:

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELA BARRA LATERAL - OU INFERIOR NO MOBILE) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

Tecnologia do Blogger.