Algumas funções de Calculadoras Científicas (III)

Regressão Linear 

Outra função muito importante nas calculadoras científicas é o cálculo de regressão linear ou mínimos quadrados, que ser para a obtenção da melhor curva de dados. Tendo pares ordenados (X, Y), obtidos por experimentos ou fornecidos por alguma tabela, podemos descobrir a expressão da curva que represente o fenômeno em questão, sendo esta da forma:

Y = A + BX

Primeiramente, iremos definir o modo de Regressão Linear na calculadora:

MODE / / 3 (REG) / / 1 (LIN)

Observe que aparecerá a inscrição REG na região superior do visor de sua calculadora.
Depois, é necessário limpar a porção da memória correspondente ao cálculo de regressão linear, pelos passos seguintes:

SHIFT / / MODE / / 1 / / = / / =

Há a possibilidade de limpeza total da memória da máquina,

SHIFT / / MODE / / 3 (All) / / = / / =

mas isto faz com que o modo REG seja desativado, sendo necessário repetir o primeiro passo.
Em seguida, você já pode digitar os pares ordenados. Primeiro, digite a coordenada X, após a tecla “ , “ (tecla vírgula, não a tecla ponto), por fim, a coordenada Y. Repita o procedimento enquanto houverem pares ordenados.
Como é sempre bom conferir o que foi digitado, para evitar erros, clica-se na tecla direcional para baixo “ ß ”, para ver os pares ordenados digitados e quantas vezes eles se repetem. Caso algum valor de coordenada esteja errado, é possível corrigi-lo, digitando o valor correto e clicando “  =
Os pares ordenados que você digitou ficarão armazenados em sua calculadora, desde que você não realize a limpeza de memória descrita no início do post. Desligar a calculadora científica não apaga os pares ordenados.
Os coeficientes A e B da equação linear que rege os pontos fornecidos, então, podem ser obtidos através das seguintes sequências de teclas:

SHIFT / / 2 (S-VAR) / / Þ / / Þ / / 1 (A);
SHIFT / / 2 (S-VAR) / / Þ / / Þ / / 2 (B).

Desejando obter um gráfico, podemos definir dois pontos P1 (x1,y1) e P2 (x2, y2) indicando uma coordenada x ou y e resolver manualmente um sistema com duas equações. Porém, se a calculadora já facilitou todo o nosso trabalho até agora, não custa nada indicar estes dois pares ordenados. Fornecemos, por exemplo, uma coordenada em x. Digitamos este valor e a seguinte sequência:

SHIFT / 2 / Þ / Þ / Þ / 2 (y com um acento circunflexo)

Agora, resolvemos fornecer um y de nossa função e saber seu x correspondente. Digitamos este valor de x e a seguinte sequência:

SHIFT / 2 / Þ / Þ / Þ / 1 (x com um acento circunflexo)

Pronto: conhecemos a função linear que desejávamos e dois pares ordenados necessários à construção do gráfico.
 



 

>> Gostou desta postagem? Compartilhe!

Nenhum comentário:

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELA BARRA LATERAL - OU INFERIOR NO MOBILE) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

Tecnologia do Blogger.