ENTRE E FIQUE À VONTADE!                                    »POSTAGENS RECENTES

sábado, 30 de março de 2013

O que o coelho e os ovos de Páscoa têm a ver com o significado cristão da data?

Cultura
 

[Ovos e coelhos – Símbolos, não devendo ser a motivação para celebrar a Páscoa. Foto: Cela em casa]

Por mais distante que pareçam as tradições de coelho da Páscoa que traz um ovo, dois ovos, três ovos assim... do real significado da Páscoa, como ocorreram em todas as datas cristãs (o Natal, por exemplo), as ideias principais de onde surgiu a tradição de presentear com ovos possuem um significado cristão muito especial.
A Páscoa, à época de Jesus Cristo, era o momento de celebração judaica em comemoração à libertação do jugo egípcio. O termo ‘Páscoa’ significa Passagem, ou seja, a mudança de vida que estava sendo comemorada. Quando Jesus passou por todo o sacrifício em prol da humanidade, com sua crucificação, morte e ressurreição, uma nova passagem marcaria o tempo de Páscoa e seria lembrada todos os anos, até hoje. Jesus, seguindo os desígnios de Deus, buscou vida nova para toda a humanidade.
O coelho é um animal de grande fertilidade, trazendo consigo esta ideia de vida nova e, portanto, sendo um dos símbolos pascais. O ovo possui significado semelhante ao do coelho, por uma tradição alemã de distribuir ovos pintados com bolinhas coloridas e recheados com doce de leite, fazendo uma caça ao tesouro com as crianças na manhã de Páscoa. A tradição dos ovos evoluiu, mas o significado real da data se perdeu, e é isso que a Igreja busca resgatar.
 
[Jesus Cristo, o âmago da Páscoa Católica. Foto: Hiperativo.com]

O coelho e os ovos devem ser vistos como símbolos, não como protagonistas de Páscoa. A Páscoa cristã é a celebração da renovação da fé, reconhecimento do sacrifício de Jesus, do motivo da existência da Igreja, que é trazer este gesto de amor a todos a cada celebração. Jesus é o real protagonista desta celebração. 

Em tempo:  Quanto aos ovos, algumas pessoas acreditam que comer barras de chocolate ou bombons de diferentes formatos sejam a mesma coisa (afinal, é muito mais barato). Neste mundo, parece que nem os sentidos distorcidos se mantêm em pé... Espera-se que, ao fim deste post, o real sentido da data tenho sido esclarecido (!).
 


 

 
>> Gostou desta postagem? Compartilhe!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua colaboração é importante para o Blog do Mestre. Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Muito obrigado.

O BLOG DO MESTRE DINÂMICO COMO VOCÊ