As principais doenças cardiovasculares

watch_later 18 de fevereiro de 2013
comment Comentar
Ciência e Saúde 

As doenças no sistema cardiovascular são as que mais afetam a saúde humana em todo o mundo, inclusive no Brasil. Uma delas é a arritmia cardíaca, que vimos em post anterior, a qual causa boa parte das mortes súbitas em nosso país. A confusão com os sintomas, que não são levados a sério, causa este número expressivo. Veremos mais algumas destas doenças e o que se pode fazer para preveni-las.
A aterosclerose é a perda da elasticidade dos vasos sanguíneos, geralmente pelo depósito de placas gordurosas chamadas ateromas. Isso provoca o estreitamento e redução de fluxo sanguíneo, o que promove a redução da oferta de oxigênio disponível, fenômeno chamado de isquemia.
Vários fatores levam um indivíduo a ter aterosclerose, e sua frequência aumenta ao longo da idade. Vida sedentária, estresse, alimentação rica em gorduras animais (colesterol, triglicerídios de ácidos graxos saturados), obesidade, hipertensão e certas doenças como diabetes, também são fatores que propiciam este problema. Acredita-se em hereditariedade. Um agravante fortíssimo é o fumo, pois um dos componentes, a nicotina, potencializa a chance de formação de coágulos sanguíneos e aterosclerose.
O coração sofre demasiadamente com o estreitamento de vasos sanguíneos, passando a ocorrer dores no peito, que se espalham para o ombro e braço esquerdos (a chamada angina pectoris). Um aumento do acúmulo de substâncias pode causar a formação de coágulos, que causam a trombose ou interrupção do fluxo sanguíneo. Por conseguinte, parte do músculo cardíaco fica sem oxigênio e vem a falecer, ocasionando o infarto do miocárdio (miocárdio é o nome dado ao músculo do coração), que possui como principais sintomas a pressão e dor no peito, ombros, pescoço e braços; sensação de sufocamento (falta de ar); desmaio e fraqueza súbitos. Em suspeita de infarto, deve-se procurar atendimento médico imediatamente.
O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é uma consequência de doenças cardiovasculares (isquemia, trombose e hipertensão), onde ocorre a interrupção da corrente sanguínea em determinado ponto do cérebro ou a ruptura (o popular derrame) de um vaso sanguíneo. São sérias as consequências de um AVC, com probabilidade posterior de problemas na fala, locomoção, entre outros e, em casos mais graves, até mesmo a morte.
A hipertensão é um súbito aumento na pressão arterial, conhecido como pressão alta. Causa lesões nos vasos sanguíneos e favorece o surgimento de aterosclerose, como vimos anteriormente. Aumenta a propensão ao AVC e à insuficiência cardíaca, afetando órgãos como rins e olhos. Assim como a enxaqueca, pode ter diferentes causas. Uma destas pode ser a redução na capacidade dos rins.
O hipertenso precisa de acompanhamento periódico com seu médico, sendo sua hipertensão mitigada com dieta adequada, reduzindo-se o sal nos alimentos (compostos de sódio), prática de exercícios físicos e medicamentos próprios, cujo uso é monitorado pelo médico, e a substituição periódica se faz necessária, como qualquer medicamento de uso contínuo. Também é recomendada a redução da ingestão de alimentos gordurosos, pois a hipertensão propicia a formação dos ateromas.
A insuficiência cardíaca é a incapacidade de o coração bombear sangue em quantidade suficiente para todas as partes do corpo. Pode ser decorrente de lesões provocadas por outras doenças cardiovasculares.
Os sopros cardíacos são ruídos anormais no coração, e são importantes no diagnóstico de enfermidades cardíacas. Suas principais causas são lesões nas válvulas cardíacas que impedem o fechamento completo, havendo retorno de sangue; orifícios que geram fluxos irregulares de sangue entre átrios e ventrículos.
A febre reumática é causada por um tipo de bactéria que provoca infecções na garganta e outras regiões corpóreas. Não havendo tratamento ou se este for inadequado, esta doença pode atacar as válvulas cardíacas. Após uma crise de dor de garganta, se, em algumas semanas após ocorrer febre; dores nas articulações, bem como inchaço, calor e avermelhado; forte cansaço; frequentes palpitações; palidez; dores no peito; desânimo e falta de coordenação nos movimentos; é importante buscar ajuda médica, pois estes podem ser indícios de febre reumática.
As varizes são um problema cardiovascular que afeta a autoestima de muitas mulheres, que se sentem desconfortáveis em períodos mais quentes como o verão, em exibir suas pernas com veias salientes. São causadas por vários fatores, como tendência hereditária para o desenvolvimento de defeitos nas válvulas; músculos fracos; demasiado tempo em uma mesma posição, em pé ou sentado. Este tempo demasiado gera acúmulo de sangue nas veias, geralmente das pernas, o que promove a ruptura das válvulas venosas e o aparecimento de tais veias salientes. O tratamento é realizado com remoção cirúrgica.
 


 
 

>> Gostou desta postagem? Compartilhe!
  • chevron_left
  • chevron_right

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELOS ÍCONES CIRCULARES) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

sentiment_satisfied Emojis do Google (texto para inserir)