O pós-impressionista Cézanne

watch_later 25 de janeiro de 2013
comment Comentar
Arte 

A obra de Paul Cézanne é classificada como pós-impressionista por indicar uma transição entre a arte dos séculos XIX e XX, Impressionismo e Cubismo, respectivamente, pelos tons, cores e composição únicos. Fenômenos óticos, natureza-morta, situações imaginárias, figuras religiosas e humanas estão entre os principais temas de suas obras. Vários artistas tiveram sua influência e/ou o influenciaram, como Paul Gauguin, Pablo Picasso, Henri Matisse, Braque, Gris e muitos outros.

[Foto: Domingão do Faustão / TV Globo]

O francês Paul Cézanne nasceu no ano de 1839, em 19 de janeiro, vindo a falecer no dia 22 de outubro de 1906, aos 67 anos. Estudou na Academia de Desenho de Aix-em-Provence, sua cidade natal, entre 1846 e 1848. Já no ano de 1852, ingressou no Collège Bourbon, na mesma cidade, local onde conheceu Émile Zola, que muito influenciou em sua formação literária.
Posteriormente, Cézanne candidata-se à Escola de Belas Artes, não obtendo êxito e retornando à Aix. Foi obrigado a cursar Direito, até que sua mãe convence o marido a aprovar a busca pela formação artística do filho. Volta à Paris, onde se matricula no Ateliê Libre Suisse, sendo patrocinado por seu pai, banqueiro que acabou investindo na formação artística do filho mesmo que fosse contrário a esta. Conhece Pissarro, Monet, Sisley e Renoir neste ateliê. Pinta várias obras de inspiração romântica, sendo sua primeira obra-prima "A casa do enforcado" (1873), seguida de uma série de obras no gênero de natureza-morta.

Obra de Cezanne
[Foto: Em busca de Sophia]

O Salão Anual, onde estavam os principais artistas, sempre o rejeitou. Participou de exposições impressionistas e, com a morte de seus pais, se instalou em Aix-en-Provence, onde viveu solitário. Não conseguia se adaptar ao ritmo de Paris. Neste período, a sua arte atingiu o auge da depuração nas paisagens como: "O grande pinheiro", que pode ser admirado no Museu de Arte de São Paulo. Os passos seguintes da sua obra foram no caminho da reconstrução de grandes obras com cores moduladas em curtas pinceladas, na busca da impressão de volume, pela apresentação de zonas claras/escuras, e da representação da natureza em formas cúbicas, cilindros, esferas e cones, veio por influência de Monet e Renoir.
Raramente datava as suas obras, o que torna difícil definir a cronologia da sua arte. Em seus últimos anos, passou a influenciar a arte dos artistas mais jovens, entre eles os fauvistas e os cubistas. Vejamos abaixo mais algumas obras do pintor:

Obra de Cezanne
[Foto: Domingão do Faustão / TV Globo]

 
[Foto: Domingão do Faustão / TV Globo]

[Foto: Sistema Nerd]

Obra de Cezanne 
[As Banhistas. Foto: O Universo numa Casca de Noz]

Obra de Cezanne

[Hortense amamentando. Foto: Ciência Diária - Estadão]

Obra de Cezanne
[Rideau, Cruchon Et Compotier. Foto: webneel.com]
 




>> Gostou desta postagem? Compartilhe!
  • chevron_left
  • chevron_right

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELOS ÍCONES CIRCULARES) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

sentiment_satisfied Emojis do Google (texto para inserir)