Afinal, por que a mulher veio da Costela?

watch_later 23 de janeiro de 2013
Reflexão 

Dentro das possibilidades que existem para a criação humana, há o Big Bang, cuja teoria se opõe ao chamado Criacionismo, que é a denominação atual da crença em que o início da Terra ocorreu literalmente como narrado nas escrituras bíblicas. E, incluída nesta ideia, está a criação da mulher de uma das costelas do homem. Mas, afinal: por que a mulher veio da costela?
Há diversas explicações que se imaginam para este fato. Uma delas é de que a costela pode não ser uma carne nobre, mas é uma carne deliciosa da qual todos sentem prazer em usufruir. E ainda, que a costela apesar de parecer frágil, envolve as pessoas e as protege, como uma mãe, que antes de mais nada é uma mulher.
Entretanto, a melhor definição é atribuída ao profeta Maomé:

“A mulher foi feita da costela do homem
Não dos pés para ser pisada
Nem da cabeça para se achar superior
Mas sim do lado para ser igual, debaixo do braço, para ser protegida
e do lado do coração para ser amada.”

O porquê da mulher ter vindo da costela pode ser uma questão intrigante, mas o excerto acima propõe uma excelente reflexão de homens e mulheres em relação aos seus conceitos. Tanto o homem não pode considerar a mulher como sua escrava ou como um saco-de-pancadas, como uma mulher não pode menosprezar o valor que um homem tem. Pense nisso.
 

Veja também: (Cultura) O pedido de Casamento

 
 
>> Gostou desta postagem? Compartilhe!
  • chevron_left
  • chevron_right
avatar

quem disse que seria do lado do coração? não suponha as coisas sem ter certeza.E isso de utilizar carne de 2° pra fazer a mulher é um rebaixamento ao sexo feminino.e dizer que a mulher não veio de deus é outro rebaixamento,que só o homem veio de deus,a mulher veio do homem (esta na palavra) e que segundo paulo a mulher tem que se calar quando fala de religião e chamar o homem de senhor por que deus é senhor do homem e o homem é senhor da mulher ,e que o homem é cabeça da mulher tudo isso é puro preconceito biblico e um absurdo nos dias de hije onde temos o conhecimento secular para nos guiar.

delete 14 de mar de 2016 10:16:00
avatar

Obrigado por suas colocações, Balabo. Acho que estás tomando algumas conclusões equivocadas. Ninguém quis equiparar a mulher à carne de 2ª (não de '2°'), mesmo porque vários especialistas em culinária nem são mesmo mais favoráveis a esta denominação. Apenas se utilizou um 'corte não nobre' a fim de comparação porque o amor feminino nos abriga e faz sentir bem, sendo acessível desde o momento em que nascemos. Outra ideia importante é a de a mulher vir da costela de um homem: não uma subordinação, mas uma forma de dizer que os dois tem uma forte ligação e devem permanecer unidos no seio de uma família, e é este sentido que o post busca tratar.

delete 15 de mar de 2016 21:31:00

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELOS ÍCONES CIRCULARES) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

sentiment_satisfied Emojis do Google (texto para inserir)