Algumas palavrinhas e expressões da Língua Portuguesa (XI)

watch_later 17 de novembro de 2012
comment Comentar
Você já viu algum láparo?

Aloprado: é como se chama uma pessoa atrapalhada, metida em confusões.

Cabeleira: cabelo de pessoa que chama a atenção por volume ou comprimento dos fios. É um atributo de charme das piriguetes. Neste quesito, Anna Janko, uma ucraniana, é campeã: 2,21m de comprimento.

Quadrúmano: seres quadrúmanos são aqueles que possuem quatro mãos.

Logística Reversa: é a indústria de destinação e reaproveitamento de resíduos e materiais já sem utilidade, para que entrem novamente na cadeia produtiva. No Brasil, ainda é pequena, sendo realizada em grande escala apenas com alguns tipos de produtos, como latinhas de alumínio, garrafas de PET, pilhas, baterias, lâmpadas, óleo e peças de computadores.

Rabelaisiano: Relativo à obra ou as ideias do escritor francês François Rabelais (1494 – 1553). Suas principais obras foram Gargantua e Pantagruel.

Abrasado: de acordo com a ideia que a palavra passa, é adjetivo que designa alguém pronto para a briga, irritado, ou ainda, muito atraente.

Láparo: assim como se usam as denominações de bezerro para bovinos novos e borregos para ovinos de pouca idade, láparos são os coelhinhos novos.

Calipígia: relacionado à deusa grega Calipígia, designa mulheres com bumbuns bem torneados e bonitos, como as participantes do concurso Miss Bumbum.

Ulular: Se já é difícil ver alguém dizer que clamou por algo a outra pessoa, pois o orgulho e a autoconfiança demasiada são traços fortes de nosso tempo, imagine alguém dizer que ululou outrem, que é um sinônimo do verbo clamar.

Apedeuta: é como se adjetivava, arcaicamente, uma pessoa ignorante, no sentido de terpouca instrução sobre determinado assunto.

Obligulado: nome dado à corola que se divide em bilinguetas do lado interno, denominando também a flor que possui tal característica. O vegetal que possui este tipo de flor é chamado de obliguliflóreo.

Zureta: assim como cachaça possui cinquenta nomes comuns para defini-la, o mesmo ocorre com aquela pessoa doidinha, louquinha, tantam, maluquinha, fora-da-casinha, piradinha, em um grau leve de loucura ou de gênio forte, também pode ser chamada de zureta. Este adjetivo é muito usado pelo apresentador Faustão, em suas Videocassetadas.

Kitsch: nome incorporado à Língua Portuguesa, que designa elementos inusitados ou de mau gosto em uma manifestação artística ou outras. Este termo vem perdendo espaço, pois a cultura e a arte vem-se tornando, dentro de certos limites, mais flexíveis.

Cafuné: é uma palavra de origem africana, que designa um coçar de leve a cabeça de outra pessoa, acariciando-a. Dentre os pés de dendê, o menor costuma ser chamado de cafuné, diferenciando-o dos demais também pelo nome.

Obá de Xangô: é como se chama um dos ministros de Xangô, uma das divindades afro-brasileiras.

Coffee Break: expressão aderida ao português, designando a famosa pausa para um café ou lanche mais que restaurador. Também se diria que essa é a ‘Zeca Hora’ dos brahmeiros. 



Veja também: (Variedades) Mais palavras curiosas e interessantes
  • chevron_left
  • chevron_right

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELOS ÍCONES CIRCULARES) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

sentiment_satisfied Emojis do Google (texto para inserir)