A pizza ao longo dos tempos

 
Prato unânime na mesa do brasileiro, a pizza não foi criada em solo italiano. Sua origem remonta a antiguidade, onde o pão de Abraão era consumido por gregos, babilônios e egípcios, assemelhando-se ao pão sírio. A fama do povo italiano veio mais tarde, devido a um padeiro que inovou na sua concepção, e pela disseminação.
A pizza inicialmente foi uma espécie de sanduíche, em algumas regiões italianas, o que deu origem ao calzone. Como se atribui aos egípcios às origens do pão, o desmembramento e enriquecimento de receita parece ser uma ideia plausível. Os gregos, segundo relatos do poeta Virgílio, também faziam um prato que muito se assemelha com uma pizza, o moretum,  diferindo apenas por a massa não ser fermentada, com recheio de vinagre, azeite, cebola e alho crus e fatiados.
A primeira pizzaria foi inaugurada no ano de 1830 e chamou-se Port’ Alba, localizada na cidade italiana de Nápoles. Pintores, poetas e escritores, como Alexandre Dumas, fizeram da Port’ Alba um ponto de encontro e mencionaram em suas obras quais eram os sabores de pizza mais populares na época. Antes de sua inauguração, o prato era comercializado apenas em barracas do comércio popular, nas feiras livres.

Blog Superinteressante Oficial

Chegando à Itália, fora incrementada com o tomate, quando desmistificada a sua fama de ser venenoso, sendo esta uma contribuição estadunidense; e apenas no século dezenove, por Dom Raffaelo Esposito, a pizza recebeu queijo muçarela, manjericão e o já consagrado tomate. Como era dedicada ao paladar da rainha, foi nomeada Marguerita (Margherita) em sua homenagem. Esta pizza surgiu durante as férias de verão passadas por Rei Umberto I e Rainha Margherita no palácio napolitano. A família real já conhecera a fama da pizza naquela região, e Dom Raffaelo aproveitou  a oportunidade, popularizando um sabor de pizza aprovado pela rainha, mostrando sua visão empreendedora. Aberto o caminho da inovação, novos sabores e combinações surgiram, neste prato que aceita quase todas as variações: peixes, queijos variados, temperos, etc. Além disso, curioso é o fato de que, apesar de ser um prato aprovado pela realeza, era popular, pois era incomum a disseminação de pratos servidos para a realeza entre os súditos.
A fama da pizza como produto italiano também se fez pelo fato de que eles foram os disseminadores do prato pelo mundo. Primeiro, o prato era encontrado apenas nos redutos italianos, se espalhando para quaisquer lugares onde a livre iniciativa desejasse. Desde 1985, o dia da pizza é comemorado (no sentido real e piadístico) em 10 de julho (veja no post ‘O que se comemora nos meses de julho e agosto?’).

© istockphoto.com /4774344sean

No ano de 1905, surge a primeira pizzaria estadunidense, a Lombardi’s. No Brasil, historiadores ainda não são unânimes em qual foi a primeira pizzaria, mas há fortes indícios de que foi a do napolitano Carmino Corvino, a Dom Carmenielo, no bairro paulista do Brás. Destoando as origens, destacam-se pelo elevado consumo de pizzas e quantidade de estabelecimentos fabricantes as cidades de São Paulo e New York.
Na década de 50, tudo acabou em pizza. Segundo a tradição popular, dirigentes do Palmeiras, time criado pela colônia italiana paulista, tiveram uma discussão séria e ‘foram parar’ em uma pizzaria. Após cálices de vinho e fatias de pizza, a discussão foi esquecida, o que seria o provável surgimento de uma das maiores frases de definição de Comissões Parlamentares de Inquérito dos últimos tempos. Outra explicação é a de que a pizza possui formato circular e que fica difícil definir onde começa e onde termina, delineando o significado da expressão sinônimo de ‘não vai dar nada’. Aliás, muito mais fácil dizer que sempre uma pizza termina, de tão agradável ao paladar se faz este prato. □


Em breve, veja quais os segredos de cada ingrediente e do preparo da massa de pizza.


Veja também: (Literatura) Foi a bendita fila

Nenhum comentário:

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELA BARRA LATERAL - OU INFERIOR NO MOBILE) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

Tecnologia do Blogger.