A herança de Tunico e Zé

watch_later 10 de agosto de 2012
comment Comentar

“Era uma vez dois irmãos. O pai deles morreu e eles herdaram duas vacas. Depois do enterro, foram dividir a herança.
- Zé, como vamos fazer para saber qual é a sua vaca é qual é a minha?
- Olha, Tunico, tive uma ideia. Eu corto a orelha da minha vaca. A vaca com orelha fica sendo sua, a sem orelha fica sendo minha.
E assim fizeram. Mas eles tinham um vizinho que adorava enganar os outros. De noite, ele cortou a orelha da outra vaca. De manhã, os irmãos entraram em pânico:
- E agora, Zé, como fazemos para saber qual é a sua vaca e qual é a minha?
- Cortamos a outra orelha da sua vaca. A vaca que ainda tem uma orelha fica sendo minha, a sem orelhas fica sendo sua.
Concordaram. Mas, de noite, o vizinho foi lá e cortou a orelha da outra vaca também.
Na manhã seguinte, novo pânico.
- Que fazemos, Tunico?
- Vamos cortar os chifres.
E cortaram um dos chifres para fazer a diferença.
O vizinho foi lá e cortou os chifres da outra vaca.
E aí surgiu outro impasse.
- E agora Zé?
- O rabo, Tunico.
E cortaram o rabo de uma das vacas.
- Agora a vaca com rabo é sua e a sem rabo é minha – disse o Tunico.
Na manhã seguinte, o vizinho malvado tinha cortado o rabo da outra vaca.
Os dois irmãos se desesperaram.
- E desta vez, o que vamos fazer?
Tunico pensou, pensou. Zé pensou, pensou. Ao mesmo tempo, os dois tiveram uma ideia:
- Vamos fazer o seguinte: você fica com a vaca branca e eu fico com a preta.     

ZIRALDO.
(in: As Anedotinhas do Bichinho da Maçã. São Paulo: Melhoramentos, 1988. pág. 21) 

  • chevron_left
  • chevron_right

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELOS ÍCONES CIRCULARES) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

sentiment_satisfied Emojis do Google (texto para inserir)