Como ocorre a formação de um arco-íris? Ele realmente existe?

 
Um Arco-íris é uma ilusão de óptica formada pelos fenômenos de refração/reflexão que ocorrem nas gotas de chuva. Estes dois fenômenos físicos estão envolvidos com o que acontece para que possamos ter esta bela imagem de felicidade após o fim de uma chuva.
Após a chuva, a atmosfera ainda está cheia de gotículas de água que, sob incidência da luz solar, refratam-na, refletem a luz em seus interiores e refratam-na novamente. A luz solar é branca e composta por uma mistura de diferentes cores (espectro visível). Todavia, as diferentes faixas do espectro possuem velocidades diferentes de refração, provocando a diferença de cores. Com um prisma transparente também é possível ver uma ocorrência análoga nos demais dias, ilustrando a situação.

Sorria Brother.

Todavia, como os fenômenos de reflexão e refração ocorrem quase que igualmente em todas as gotas, sob o ‘ponto de vista’ Físico, o arco-íris não existe, além de que as cores do espectro visível (do infravermelho ao ultravioleta) são vistas de maneira diferente sob diferentes pontos de vista. Quando há dupla reflexão da luz, ocorre a formação de um arco-íris duplo, com o inferior possuindo uma sequência inversa à do principal. O ângulo de incidência da luz solar também influi.
Se já dizem que o arco-íris não existe, que diríamos do pote de ouro?




Aprende Brasil.
Tudo aquilo em que pelo menos uma pessoa acredita, existe de alguma forma. E a visão é um dos sentidos mais fortes no ser humano. 

Veja também: (Mensagens e poesias) A ponte

Um comentário:

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELA BARRA LATERAL - OU INFERIOR NO MOBILE) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

Tecnologia do Blogger.