Mandioca

watch_later 10 de junho de 2012
comment Comentar

A mandioca é um alimento tradicional na mesa do brasileiro. Desde os povos indígenas até a nossa atual mistura bem brasileira de etnias, muitos são fãs desse alimento. Trata-se de uma raiz tuberosa que é utilizada para a alimentação. Dependendo da variedade produzida, a Indústria necessita realizar cozimento em temperaturas superiores a 180ºC, pois há Ácido Cianídrico em muitos tipos de mandioca. Durante o cozimento, o radical cianeto é removido do alimento, possibilitando o consumo; caso contrário, alimentar-se com estas variedades pode levar a óbito. Todavia, algumas variedades são próprias para consumo direto, sendo necessário apenas cozê-las. São conhecidas como mandiocas-mansas.

Aipim macaxeira
Rei da Colher

Alguns nomes brasileiros, que variam de região para região: aipim, aipim manteiga, mandioca (mansa ou brava, de acordo com a toxicidade), macaxeira, cassava, maniva, manaíba, carimã, uaipi, castelinha, etc. O nome científico é Manihot esculenta. Euforbiáceas (Euphorbiaceae) é o nome da família da qual a mandioca pertence.
Consome-se a mandioca cozida, em farinhas consumidas com churrasco e em farofas variadas, em bolinhos fritos, fécula e beiju; a indústria a usa como matéria prima na indústria química, têxtil, de compensados e colas, cosmética e de muitos outros produtos. As folhas também podem ser usadas na alimentação humana, após tratamento para remover substâncias tóxicas. Folhas e ramos são usados, após secos, na silagem de bovinos tanto de corte como de leite, devido ao alto teor vitamínico e proteico.
 Veja abaixo uma receita usando Mandioca: 

Aipim Gratinado 

Ingredientes

- ½ quilo de aipim;
- molho branco;
- 250g de queijo Minas;
- manteiga. 

Modo de preparo 

Cozinhe o aipim, pique em pedaços pequenos. Ponha-o em um pirex, cubra com molho branco Em cima coloque o queijo, pedacinhos de manteiga e leve ao forno até que o queijo derreta.

In: http://www.almanaqueculinario.com.br/receita/prato-unico/aipim-gratinado-684.html


O cultivo é feito em todo o país, trata-se de uma cultura perene, que pode chegar a cinco metros de altura conforme as condições de solo, clima, etc. Não se adapta bem ao frio, é caducifólia, ou seja, perde suas folhas durante o inverno em regiões frias, podendo secar em sua porção exterior ao solo, não a raiz tuberosa. Há reprodução via sementes, porém as raízes são geradas com um aspecto tortuoso, o que é indesejável. Dessa forma, a reprodução é feita por meio de mudas. Apesar de que não haja uso das sementes para fins de reprodução, elas são usadas para programas de melhoramento genético.  São brancas, com manchas irregulares de coloração escura, e fundo acinzentado ou marrom. Quando possuem potencial germinativo, são mais densas que a água, caso contrário, menos densas: um teste comum para saber se um semente é fértil ou não, seguindo este princípio, é colocá-la em um copo de água pois as que flutuarem devem ser descartadas.  
O Brasil é o segundo maior produtor de mandioca do mundo, perdendo apenas para a Nigéria, o que, segundo a Embrapa, corresponde a 15% da produção mundial. Em compensação é o maior consumidor: 50kg per capita/ano. Os maiores produtores são os estados do Rio Grande do Sul, Maranhão, Pará, Paraná, Bahia e São Paulo; a cultura é produzida em todos os estados brasileiros.   

Veja também: (Mensagens e poesias) O Rato planejador
  • chevron_left
  • chevron_right

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELOS ÍCONES CIRCULARES) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

sentiment_satisfied Emojis do Google (texto para inserir)