Por que é necessário mudar para combustíveis renováveis?

watch_later 12 de fevereiro de 2012
comment Comentar
Variedades
      
       Os combustíveis são utilizados para obtenção de energia para o funcionamento de:  equipamentos industriais, automóveis, geradores, equipamentos de uso doméstico, matéria-prima para a produção dos mais diferentes produtos. Desse modo, são de fundamental importância para todas as atividades do mundo atual. Com a atual ênfase no impacto ambiental que causam, tornou-se indispensável pensar em alternativas de combustíveis que possibilitem a continuidade das atividades industriais aliadas à redução da emissão de gases poluentes como o dióxido de carbono.
Tanto os combustíveis fósseis quanto os biocombustíveis são obtidos de materiais de origem animal ou vegetal, diferenciando-se pela forma de obtenção e tempo de formação da matéria-prima para a produção destes combustíveis.
Combustíveis fósseis são produzidos após a separação de hidrocarbonetos de Petróleo - obtido em regiões marinhas ou que anteriormente foram - em destilação fracionada. Com a separação dos componentes por meio de reações químicas e dessa destilação obtêm-se: gasolina, diesel comum, óleos lubrificantes, parafina, plástico (com uma infinidade de utilizações nas mais diferentes indústrias), asfalto, defensivos agrícolas, espumas, fibras têxteis, vernizes, adesivos, detergentes, para-choques, borrachas, até gomas de mascar.
O petróleo é uma mistura de animais e vegetais mortos há muito tempo, e que sofreram reações químicas até obter a forma atual, sendo um recurso considerado não renovável por demorar cerca de 2 milhões  de anos para se formar, ou seja, formação muito lenta (necessitando de reações que não acontecerão mais na natureza) e alta demanda.
A combustão de combustíveis fósseis pode gerar três produtos: moléculas de água, energia, e outros produtos, conforme o tipo de combustão:

- completa: moléculas de hidrocarbonetos (combustível) e gás oxigênio (comburente) em reação de combustão têm como produtos moléculas de Dióxido de Carbono, água e energia;
 
- incompleta: moléculas de hidrocarbonetos (combustível) e gás oxigênio (comburente) em reação de combustão têm como produtos moléculas de Monóxido de Carbono ou Carbono finamente dividido (denominado fuligem, formado em situações em que a quantidade de combustível é maior que a de comburente), água e energia.   

Os combustíveis fósseis possuem enxofre em sua composição, formando óxidos de enxofre, que reagem com a água e oxigênio da atmosfera e formam ácido sulfúrico, causador da chuva ácida.
Biocombustíveis são obtidos a partir de matérias-primas animais e vegetais, bem como resíduos industriais e domésticos. Por exemplo: Amendoim, dendê, mamona, soja, algodão, girassol, cana-de-açúcar (bagaço de cana), gordura animal, óleo de soja usado e até lixo orgânico doméstico. O Etanol, exemplo de biocombustível, é obtido a partir da fermentação do caldo da cana-de-açúcar, e o biodiesel, é obtido a partir dos processos de esterificação e transesterificação de óleos de origem animal ou vegetal na presença de álcool, como o metanol, e um catalisador.
A novidade nos biocombustíveis é o Biodiesel S50, que paulatinamente vem sendo disponibilizado nos postos, bem como os novos caminhões já vêm com motores capazes de utiliza-lo. Os motores a diesel mais antigos podem usar o S50, porém a eficiência é menor. Também, por conseguinte, catalisadores passam a ser colocados nas descargas dos novos caminhões, reduzindo drasticamente as emissões de gases do efeito estufa.
Esses Biocombustíveis geram Dióxido de Carbono em sua combustão, também. A diferença é que o uso dos biocombustíveis permite uma reabsorção desse gás Carbônico pelo Meio Ambiente, não gera óxidos de enxofre, já que estes mesmos não possuem enxofre, como no caso do Etanol, ou diminui a queima de enxofre e hidrocarbonetos, como no caso do Biodiesel.


 


>> Gostou desta postagem? Compartilhe!
  • chevron_left
  • chevron_right

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELOS ÍCONES CIRCULARES) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

sentiment_satisfied Emojis do Google (texto para inserir)